American Horror Story: Murder House (1º temporada)

Muitos de vocês ao ler ou ouvir algum comentário sobre a serie deve ter imaginado o algo muito assustador por conta do nome ou algo meio controverso ao considerar que a serie é do mesmo criador de Glee. A primeira temporada eu comecei assistir antes de seu sucesso iniciar, como passava em um horário não muito acessível eu assistia quando dava e não me preocupava em perder algum episodio tal fator que dificultou o entendimento do enredo da serie sendo assim acabei deixando ela de lado, após seu sucesso e vários comentários entre amigos acabei por abrir um tempo em minha agenda e fazendo uma maratona das duas temporadas.

A historia gira em torno da família Harmon que apos a traição de Ben (Dylan Mcdermott) para com sua esposa Vivien (Connie Britton) decidem se mudar para uma nova casa junto com sua filha Violet (Taissa Farmiga) e assim tentar recomeçar tudo do zero porem mal sabem eles que essa casa tem uma longa historia de tragedias entre todas as famílias que ali habitaram. O tema central dessa temporada sobre tudo é a infidelidade e o perdão.

 

 

 

Confesso que a primeira poderia se chamar American drama story (já era de se esperar vindo de Ryan Murphy) por outro lado esquecendo esse terrorzão que estamos acostumado deixei minha mente mergulhar no drama que estava sendo apresentado que é a infidelidade, algo muito comum nos dias atuais e que foi muito bem representada na serie e o mais genial foi terem conseguido inserir os fantasmas nesse drama familiar que envolve crises da adolescência,drogas,traição,homossexualismo etc… a historia é muito criativa frases memoráveis, referencias a clássicos como psicose, a ideia da empregada que assume uma forma dependendo do ponto de vista de quem a vê, e a garotinha com síndrome de down foi simples mente incrível, não podemos esquecer a atuação de Jessica Lange como a vizinha Constance Langdon que na minha humilde opinião foi a melhor atriz dessa temporada apesar de não ter tido um papel muito grandioso! A historia foi bem interessante com ideias geniais mas ainda assim admito que em muitos episódios fiquei meio entediado, bom mas ainda assim teve bons momentos. De acordo com Ryan Murphy em cada temporada terá uma historia diferente onde ele pretende abordar um certo tema dramático e mescla-lo com o terror e sempre manter os mesmos atores porem com personagens diferentes, sendo assim não acho muito legal classificar a serie em temporadas como as outras prefiro chamar cada uma pelo seu sub título no caso da 1º temporada “Murder House”.

american_horror_story_ver4_xlg1
Nota: 7,5

Trailer:

SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.