As 10 melhores animações disponíveis na Netflix (Parte 2)

Você com certeza já passou por algumas situações onde procurou e procurou por animações na Netflix e acabou não achando algo que lhe interessasse, pensando nisso nós da Cine Mundo decidimos indicar certas pérolas disponíveis no serviço de streaming. Mas como dito anteriormente, eram tantos filmes bons no catálogo, que foi preciso dividir essas indicações em duas listas. Na parte 1, indicamos títulos como “Ratatouille”, “Coraline e o Mundo Secreto” e “Pocahontas”, agora resgatamos algumas produções arrebatadoras, tanto no humor como no drama, entre elas “Hércules” da Disney, “Como Treinar Seu Dragão 2” da Dreamworks Animation e o anime “Your Name” de Makoto Shinkai.

As 10 melhores animações disponíveis na Netflix (Parte 1) 

Confiram abaixo nossa segunda lista com os filmes de animação que indicamos:

1. Toy Story (1995)

O que acontece com seus brinquedos quando você não está olhando para eles? Woody é um cowboy de pano, e também é o brinquedo mais valioso para o garoto Andy, e o mais respeitado entre os outros. No entanto, tudo isso muda com a chegada do carismático e canastrão Buzz Lightyear, um boneco de um homem espacial que não aceita o fato que é um brinquedo. Com belas músicas como “Amigo Estou Aqui” e “Coisas Estranhas”, esse filme mostra a importância de nossos elos emocionais, a inocência da infância e de como amizades improváveis podem surgir entre pessoas tão diferentes. É uma animação que até hoje nos faz chorar e rir com a linda história do conflito entre Buzz e Woody, e do carinho incondicional por seu dono Andy.

 

2. Hércules (1997)

O que te faz um verdadeiro herói? Você descobrirá nesse clássico da Disney, que não poderia ficar de fora dessa lista. Com uma aventura cheia de humor e romance mergulhada na cultura e mitologia grega, acompanhamos um jovem atrapalhado e bondoso tentando encontrar seu lugar no mundo, conquistar a garota de seus sonhos e buscando alcançar seu posto como herói dos humanos. Não tem como não se sentir inspirado e feliz após ver a jornada do jovem Hércules emergir como um forte homem ao fim de sua luta contra Hades, é imperdível!

 

3. Como Treinar o Seu Dragão 2 (2014)

Misturar vikings e dragões no primeiro filme foi uma brilhante ideia, mas para onde a história segue após a paz ser alcançada em Berk? Nessa sequência do filme de 2010, o eminente ataque do Drago Sanguebravo pode ameaçar a paz em Berk, enquanto isso, Soluço é preparado por seu pai para assumir a posição de líder, mas como fazer isso se ele ainda não sabe nem quem ele é? Mistérios do passado, o valor da família, compaixão e amadurecimento são os temas trabalhados nesse longa de 2 horas, que flui muito bem devido a trama bem-contada, carisma e muita ação. Uma das melhores animações já feitas e com certeza uma das melhores da Dreamworks, não percam tempo e assistam!

 

4. Os Incríveis (2004)

O que acontece quando Pixar, valores familiares e super-heróis se unem em um único filme? Em um mundo onde o governo baniu os heróis, O Sr. Incrível/Roberto Pêra vive em paz com sua pacata família, no entanto, Roberto está entediado com a vida e vê a oportunidade de voltar a ser um super-herói quando recebe uma missão secreta. “Os Incríveis” é o resultado dessa mistura exótica, que homenageia clássicos dos quadrinhos como “Quarteto Fantástico”, “Watchmen” e “O Cavaleiro das Trevas” em uma história que realça união familiar, aventuras da era de ouro da Marvel e DC, crise de meia-idade e o carinho fraterno. Vale também lembrar que “Os Incríveis 2” chega aos cinemas no próximo ano, então se você ainda não assistiu esse grande sucesso, corra para ver e se preparar para a sequência!

 

5. Shrek (2001)

Será que as princesas sempre aguardam a chegada de um príncipe? Shrek fala do contrário, ao contar uma história sobre o verdadeiro amor e a beleza interior que reside dentro de nós, em uma divertida sátira dos contos de fadas, onde o ogro Shrek e o Burro falante tem que levar a princesa Fiona até o Lord Farquaad. O filme se tornou um clássico instantâneo com todo seu sarcasmo e uma trilha sonora invejável, ajudando a pavimentar a Dreamworks entre as empresas de animação e consolidá-la como potencial rival da Disney.

 

6. O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida (2012)

Ecologia, poluição e capitalismo sem limites se misturam nessa inventiva e mágica história da Illumination. Em uma cidade onde tudo é tecnológico e artificial, o jovem garoto Ted busca uma árvore para dar para sua grande paixão, Audrey. Para isso ele mergulha em uma aventura através do passado da cidade. Com músicas vibrantes e tão empolgantes quanto um clássico Disney da década de 90, um universo rico em detalhes, “O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida” sabe como passar importantes mensagens de conscientização sobre nosso mundo para adultos e crianças, além de formular uma forte crítica à ganância humana.

 

7. Anastasia (1997)

A história real do desaparecimento de Anastasia ganha forma cheia de romance e misticismo nessa produção de Don Bluth e Gary Goldman. “Anastasia” conta a história de uma princesa russa em uma jornada de descobrimento de suas origens, é a saga de uma jovem separada de sua família pelo feitiço de Rasputin e por conta disso vive tentando descobrir seu lugar no mundo e suas origens, suas lembranças retornam aos poucos conforme se envolve com um grande amor. Com romance em Paris, magia e a cultura russa, essa animação é um grande clássico que merece ser relembrado e assistido várias e várias vezes!

 

8. Your Name (2016)

As fronteiras dos relacionamentos e da ficção científica são redefinidas nesse anime delicado e divertido, sobre a estranha conexão compartilhada entre Mitsuha Miyamizu e Taki Tachibana. Após presenciarem um evento cósmico, ambos os personagens passam por experiências em que trocam de corpos por dias inteiros e vivem a vida um do outro, aos poucos a relação se intensifica, assim como a revelação dos mistérios da conexão. Esse anime dirigido por Makoto Shinkai fará muitos rirem, chorarem e se empolgarem nessa tocante história de amor com elementos sci-fi.

 

9. Enrolados (2011)

O que acontece quando o caminho de um bandido desajustado e ganancioso se cruza com o de uma princesa hiperativa com longos cabelos loiros e mágicos? É a partir daí que a Disney reconta o clássico conto de fadas da “Rapunzel”, história sobre uma jovem que completa 18 anos e quer conhecer mais do mundo, do qual sua mãe, Gothel, a separou por toda a sua vida, para isso ela fará uma parceria com o fugitivo da lei Flynn Rider, e juntos irão embarcar em uma aventura, enfrentando de tudo para conquistarem seus sonhos. De traços simples e profundos, cenas grandiosas, lindas sequências musicais e muito humor, o filme ajudou a Disney a se restabelecer como a grande contadora de histórias animadas.

 

10. Paranorman (2012)

Em “Paranorman”, um garoto capaz de conversar com espíritos recebe o chamado para uma missão de impedir um ataque de mortos-vivos e quebrar a antiga maldição de uma bruxa. Com carisma, humor e um mundo sombrio digno de filmes de terror dos anos 50, é contada uma história empolgante, engraçada e sombria sobre bullying, empatia e com uma bonita mensagem contra o ódio gratuito e a indiferença. Um prato cheio para os fãs de terror e horror que quiserem ver uma excelente animação.

SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.