Blade Runner 2049 | Ryan Gosling Conta Como Foi Atuar ao Lado de Harrison Ford

Em entrevista ao site Fandango, Ryan Gosling revelou um pouco sobre a experiência de contracenar com Harrison Ford durante as filmagens de Blade Runner 2049, sequência do sci-fi clássico Blade Runner, o Caçador de Andróides (1982).

Segundo Gosling, eles já haviam iniciado as filmagens a “vários meses” antes de Harrison Ford chegar ao set:

“Posso dizer que filmamos por vários meses antes de Harrison [Ford] chegar, e claro que havia muita antecipação sobre quando e como ele apareceria, e foi um alívio. No segundo em que pisou no set, ele arregaçou as mangas e todos nós começamos o trabalho. Foi realmente um grande prazer trabalhar com ele”.

Essa afirmação levanta uma dúvida sobre quanto tempo o personagem Rick Deckard deverá aparecer no filme

Gosling contou para a revista GQ sobre um outro incidente entre ele e Ford, durante uma cena de luta sem dublês, ou seja, num momento que não deveria representar risco aos atores, Harrison bateu em Gosling:

“Sim, ele deu um soco no meu rosto”, assume o ator de forma bem humorada. “Digamos que foi como um ritual de passagem. Estávamos fazendo uma cena de luta e, sabe, apenas aconteceu. O mais engraçado foi quando acabou, e trouxeram gelo para o meu rosto, mas Harrison me empurrou e colocou seu punho no gelo”.

E completou dizendo que o diretor Denis Villeneuve (A Chegada) veio em seu socorro:

“Assim que aconteceu, o diretor veio até mim e disse: ‘Veja por este lado: você acabou de levar um soco de Indiana Jones'”, brinca Gosling. “Ele veio depois com uma garrafa de uísque, e eu pensei: ‘Sabia que isso ia acontecer’. Ele tirou um copo do bolso, serviu um pouco para mim e foi embora com o resto da garrafa. Então acho que para ele, o caso não foi suficiente para merecer uma garrafa inteira!”.

Blade Runner 2049 conta ainda com outros grandes nomes em seu elenco como Jared Leto, Mackenzie Davis, Carla Juri, Barkhad Abdi, David Dastmalchian, Hiam Abbass, Robin Wright, Dave Bautista e Lennie James.

A produção de Ridley Scott tem estreia prevista para 6 de outubro de 2017.

SHARE
Juliana Schmidt
Sou do tipo que chora em filmes, séries e livros, por isso mesmo me considero uma apaixonada. Reparo em coisas que pouca gente presta atenção como figurinos, cenários e trilhas sonoras.