CCBB SP recebe mostra gratuita com o tema “Monstros no Cinema”

A mostra “Monstros no Cinema” traz um combo de diversos filmes de monstros que marcaram o cinema em diferentes épocas, gêneros e nacionalidades. O evento já aconteceu em Brasilia, Rio de Janeiro, e no dia 5 de setembro irá desembarcar no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em São paulo com entrada gratuita.

Monstros no Cinema
“A Noiva de Frankenstein” (1935), um dos filmes que compõem a mostra.

“Monstros no Cinema” irá levar o público em uma viagem através dos filmes de monstro desde o começo, na Alemanha, com “Golem”, passando pelos monstros clássicos dos estúdios Universal (“Drácula”, “Frankenstein”, “A Múmia”, “O Lobisomem”), chegando no período da Guerra Fria e da ameaça nuclear de “Godzilla”, incluindo os seres de outros planetas (“Alien, 8ª Passageiro”) e aqueles frutos dos nossos pesadelos (“A Hora do Pesadelo”) ou de experiências malsucedidas (“A Mosca”). O Brasil estará representado com “A Meia Noite Levarei Sua Alma”, do mestre José Mojica Marins, e “Mar Negro”, de Rodrigo Aragão, que revolucionou o gênero do horror brasileiro com suas produções. As crianças, quase sempre vítimas dessas criaturas soturnas, poderão ir sem medo conferir “Monstros S.A” e “A Festa do Monstro Maluco”. E a força desse subgênero se faz presente quando a própria indústria cinematográfica a reverência em obras como “Deuses e Monstros”, “O Jovem Frankenstein” e o recente sucesso “A Forma da Água”.

“Os monstros fazem parte do nosso imaginário desde a mais tenra infância. Sejam os monstros que se escondem debaixo de nossas camas, dentro do guarda-roupa ou aqueles que adentram os nossos quartos a noite com a simples missão de nos amedrontar. Seres sombrios, assustadores, disformes, os monstros nos acompanham durante toda a nossa vida. O cinema desde os seus primórdios usou a figura do monstro não só para contar narrativas de terror, mas também para usá-los como metáforas da sociedade. A mostra ‘Monstros no Cinema’ reunirá vários desses seres que encontraram na sétima arte um espaço para serem conhecidos, refletir sobre a sociedade e principalmente, horrorizar a todos nós” – explica o curador da mostra, Breno Lira Gomes.

 

A mostra é composta por 39 filmes, divididos em 59 sessões, contando ainda com debates com o curador nos dias 12 e 28 de setembro, uma máster class no dia 22, e oficinas especiais nos dias 15 e 29 de setembro.

Para conferir a lista completa com os filmes, horário das sessões e demais informações, clique aqui.

SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.