Conheça os Planos e Ângulos que compõem um enquadramento

Neste artigo vou tratar de um tema chamado Planos que ao pé da letra significa tudo aquilo que está sendo filmado entre dois cortes. Vocês devem estar se perguntando: Por que devo ler sobre isso? Logo, lhes respondo: Gosta de cinema? Esse artigo serve para você adentrar no universo do cinema com conhecimentos mais técnicos sobre fotografia.

A composição de vários planos dá sentido ao que vemos nas telonas, ou seja, devido à sequência de planos é que existe o filme, é claro que os planos ficam a critério do diretor de fotografia a supervisão do diretor geral do filme e as pessoas que fazem parte da equipe técnica dependendo do diretor podem opinar para melhoramento da obra. Estes planos podem variar de acordo com o tempo de duração, o enquadramento, a angulação e a movimentação da câmera.

Os planos duram em média alguns segundos, porém não existe nenhuma regra quanto à duração, mas é claro que todo plano é intencional e vai influenciar na linguagem que o diretor quer passar através de sua produção cinematográfica.

Vale ressaltar, que os enquadramentos são muitas vezes confundidos com o termo plano, contudo, ressalto que são coisas diferentes apesar de se relacionarem.

Para facilitar o entendimento, abaixo vou exemplificar os tipos de planos usados no cinema. Devido as varias traduções que cada um deles possui, fica mais fácil visualizar e compreender o objetivo de cada um.

Começaremos, pelo Plano Geral (PG) neste plano vemos a Adèle (Adèle Exarchopoulos) no filme “Azul é a cor mais quente (2013)” com vários elementos no mesmo quadro, ou seja, mostra a cena com a apresentação geográfica do ambiente sem focar em nenhum detalhe especifico.

azul-c3a9-a-cor-mais-quente-4

 

Quando o foco é dado ao personagem de corpo inteiro entendemos como Plano Aberto(PA) / Long Shot  que na imagem temos a Natalie Portman (Nina) em “Cisne Negro (2010)” que interpreta uma bailarina, nesse enquadramento percebe-se que detalha melhor o personagem, portanto é muito usado para caracterizar e apresentar a personagem. O segundo exemplo é do filme “O Diabo veste Prada (2006)”, loga esse que usou e abusou desse plano afim de retratar a moda e estilo de cada personagem.

PAdiabo-veste-prada-g-20100407

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Muito utilizado em longas de Faroeste o Plano Americano (PAm) / Medium Long Shot  assim como, na comédia “Um milhão de maneiras de Pegar na Pistola (2014)”, explicita Albert (Seth Macfarlane) e Anna (Charlize Theron) na tomada em que são vistos com alguma parte de seu corpo fora do quadro. Esse plano também é conhecido como “Cowboy” por conta de sua origem nos filmes de Faroeste, em que muitas vezes tinha um cowboy montado no cavalo enquadrado do joelho para cima.

PAm

 

Para evidenciar uma personagem de forma abrangente sem tirar o destaque dramático da cena temos o uso do Plano Médio (PM) /Medium Shot  que abrange a personagem acima da região do umbigo. Abaixo temos como exemplo a cena clássica do filme Titanic (1997)

5e3z8tgibnqecqydtgy523wk3

 

Para enfatizar as expressões e/ou emoções do personagem, temos dois planos. O Primeiro Plano (PP)/Plano Close UP a câmera foca na altura do peito para cima como na imagem do filme “Malévola (2014)” (Angelina Jolie). E ainda temos o Primeiríssimo Plano (PPP) /Extreme Close Up que deixa apenas o rosto da personagem em destaque como no exemplo de Sidney Prescott (Neve Campbell) em Scream (1996).

PP

PPP

 

 

 

 

 

 

 

PD

Assustador não? Esta é a imagem do filme Annabelle a intenção provavelmente é assustar, isso se chama Plano Detalhe (PD) em que mostra uma parte especifica do corpo ou objeto como é o caso da “Annabelle (2014)”.

 

Ângulos de câmera

Plongeé significa em francês “mergulhar”, esse termo foi designado para definir um ângulo que indica uma relação de inferioridade na personagem em destaque. Como, por exemplo a Gamora (Zoe Saldana) em “Guardiões da Galáxia (2014)” ou o Harry Potter (Daniel Radcliffe) em “Harry Potter e a Ordem da Fênix (2007)”

Plongeé

PLONGEE

 

 

 

 

 

 

O diretor Quentin Tarantino gosta de usar em seus filmes o Contra Plongeé que exprime o contrário do falado anteriormente. Basta olhar para imagem do filme, “Bastardos Inglórios (2009)” que é de baixo para cima enfatizando uma relação de superioridade da personagem destacada.

Contra Plongeé

 

A câmera também pode observar a pessoa de cima para baixo em um ângulo de 90º para este movimento damos o nome de Zenital como na tomada de “Amantes Eternos (2014)” a câmera faz esse movimento na personagem Eve (Tilda Swinton). A câmera também mostra a imagem de baixo para cima que seria o Contra-Zenital uma angulação de 90º como na imagem do poço no filme “O Chamado 2 (2005)”.

Zenital Contra zenital

 

 

 

 

Outros ângulos bem comuns são o ¾, Perfil e Frontal. No ¾ é uma imagem lateral para a câmera, mas, não é perfil essa tomada é usada geralmente em diálogos à imagem no filme “Alice no País das Maravilhas (2010)” onde a Rainha Branca (Anne Hathaway conversa com outro personagem. Já no perfil é uma imagem com mais ênfase como o perfil de Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence). Frontal como o nome já supõe é o personagem é visto completamente de frente como a Megan Fox em “Garota Infernal (2009)”.

Alice

Perfil

Frontal

 

Espero que esse conhecimento possa ter agregado e na próxima sessão vejam o filme através de uma ótica diferente, identificando os planos e tentando captar a intenção do diretor.

SHARE
Andreza Nunes
Nascida em Recife, jornalista por formação, adoro ensinar e trocar conhecimento. Acredito que o cinema é uma arte enriquecedora que pode promover reflexões, mudanças e propiciar a fuga da realidade.