Continuação do filme “Quatro Vidas de um Cachorro”, este drama que agora leva o nome de “Juntos para Sempre” resgata o cachorrinho Bailey e da à ele um novo destino a seguir e novas pessoas para cuidar. A sequência é ambientada em uma fazenda, na qual Bailey vive com Ethan (Dennis Quaid) e Hannah (Marg Helgenberger) – e CJ a neta do casal. Sua nova jornada começa quando a mãe de CJ a leva embora da cidade e Bailey promete a Ethan que cuidará da menina a qualquer custo.

A decisão da mãe da garotinha, Glória (Betty Gilpin), se da por não conseguir superar a morte de seu ex-marido, além de conviver com os seus sogros de uma forma não muito amistosa, ela diz que quer correr atrás dos seus sonhos e que vai levar a filha junto, o que acaba partindo o coração dos avós da garota.

Crítica: Juntos Para Sempre

Acreditando ou não em reencarnação você compra a ideia de que o cachorro está designado a cumprir a sua missão, e o destino colabora para que isso aconteça. Bailey tem o primeiro encontro com CJ ainda criança e ficam juntos até a adolescência da garota.

Com essa premissa, o filme de Gail Mancuso, é inspirado e com um intuito ferrenho de arrancar lágrimas do espectador porque o cachorro vive várias vidas e seu espírito e/ou alma permanece na mesma missão que é se manter por perto da CJ e proteger a garota a qualquer custo.

O filme ainda pincela em discussões importantes como a da adoção de cães e gatos e também fala sobre estudo da Sociedade Americana de Bioquímica e Biologia Molecular, comprovando que cães podem usar seu olfato altamente evoluído para farejar o câncer em amostras de sangue, com quase 97% de precisão o que pode despertar o interesse no espectador em participar de uma feira de adoção ou de buscar maiores informações acerca desses estudos que podem colaborar muito para identificar e combater o câncer.

Seu amigo de infância Trent (Ian Chen – Henry Lau) é seu parceiro de toda uma vida, sabe aquele amigo que você perde no meio do caminho e quando vocês voltam a se falar é como se nada tivesse acontecido e a amizade permanece forte? Eles têm essa exata sintonia o que acaba sendo um alento, pois após perder sua cachorra, prestes a completar 18 anos e necessitando começar a sua vida e correr atrás de seu sonho que é ser cantora, nada melhor que ter um bom amigo ao seu lado.

“Juntos Para Sempre” continua a jornada de Bailey e embargado por vários dramas familiares, o cachorro vai precisar ser sagaz o suficiente para driblar os acontecimentos da vida de todos ao seu redor que costumam ter os destinos mais trágicos possíveis, fruto de um roteiro apelativo que aplica vários recursos para fazer o seu público chorar, mas que por sua vez também possui alguns elementos mais naturais e que serão encarados de forma mais autêntica.


Trailer:

REVIEW OVERVIEW
Roteiro
5
Direção
6
Atuações
6
Direção de arte
6
Direção de fotografia
6
SHARE
Andreza Nunes
Nascida em Recife, jornalista por formação, adoro ensinar e trocar conhecimento. Acredito que o cinema é uma arte enriquecedora que pode promover reflexões, mudanças e propiciar a fuga da realidade.