E se o Asteróide que dizimou os dinossauros tivesse errado o alvo?

size_810_16_9_20151019-26684-1pg3kxu

O bom  dinossauro parte deste ponto para contar a história de Arlo, um jovem e atrapalhado Apatassauro que vive em uma fazenda com a sua família.

O filme narra a longa jornada de Arlo de volta pra casa logo após ele se perder da mãe e os irmãos.

Um grande clima pesado cerca toda a animação, todos sabemos que a Pixar sempre consegue emocionar, mas desta vez talvez o tiro tenha saído meio que pela culatra, não é aquele tipo de emoção saudosista e nostálgica como em Toy story por exemplo, mas sim um peso que se acomoda no peito e é estranhamente desconfortável.

O bom dinossauro trata diretamente sobre as inseguranças que temos, Arlo, apesar de ser um Apatossauro tem medo de uma série de coisas, já Spot o pequeno humano que passa a acompanhá-lo em sua jornada, é totalmente o oposto, ele é praticamente uma formiga em relação a Arlo, mas mesmo assim não deixa de enfrentar criaturas que são 5 vezes maior que ele.

good

Outro ponto que a animação toca são as perdas, como lidamos com elas e como elas nos traumatizam, como elas chegam ao ponto de nos deixar paralisados mediante as situações cotidianas.

O bom dinossauro é uma ótima animação que pode até chocar se necessário, talvez a Pixar esteja passando por uma leve transição, eu particularmente o vejo como uma animação muito mais voltada para o publico adulto, não só pelos temas abordados mas como pela violência presente em alguns momentos, como animais tendo a cabeça arrancada ou os protagonistas comendo frutas alucinógenas.

o bom dinossauro estreia dia 07 de janeiro de 2016 no brasil

 

Data de lançamento: 25 de novembro de 2015 (EUA)
Direção: Peter Sohn
Duração: 1h 40m
Música composta por: Mychael Danna, Jeff Danna
Autores: Bob Peterson, Enrico Casarosa

Trailer:

[/su_youtube][/su_youtube]
REVIEW OVERVIEW
O Bom Dinossauro
SHARE
Apenas um cara vivendo entre palavras, imagens e sons dispostos em composição em uma tela