[crítica] O conto da princesa kaguya

 

O-Conto-da-Princesa-Kaguya-1

O conto da princesa kaguya é mais uma das grandiosas obras do estúdio Gihbli, estúdio de Hayao Miyazaki e Isao Takahata responsáveis por As viagens de chihiro, Meu vizinho Totoro, dentre outras animações que marcaram muita gente com sua arte de contar histórias tristes com traços suaves.

Conta-se aqui a historia de um cortador de bambu que em um dia comum de trabalho vê um uma menina literalmente brotar de um bambu, ele e sua esposa adotam a criança.

3

O dom de fazer emocionar através dos traços é algo impressionante, a pequena menina cresce muito mais rápido que uma criança normal, já em poucos dias a vemos crescer e descobrir o “mundo”, rapidamente vemos também a super proteção de seu “pai” que acha que a menina é um presente dos céus e que o lugar de uma princesa não é entre camponeses

O homem novamente encontra um novo presente em meio aos bambus, um monte reluzente de ouro, e no dia seguinte os mais belos tecidos que o pobre camponês já havia visto, ele então decidiu levar a menina para a cidade aprender com os nobres a como ser uma princesa.

8

A essa altura vemos a princesa acostumada a vida no campo, brincando e descobrindo á vida dura, mas feliz dos pobres camponeses, era óbvio que a menina se faria relutante diante da situação, mesmo assim a família seguiu rumo á cidade deixando seus amigos do campo para trás.

Aos poucos vemos a personalidade madura da jovem menina, de jeito nenhum a garota queria ser uma princesa, mas ao mesmo tempo, Por insistência do pai, ela se tornou uma, e á medida que ia crescendo, a princesa nascida do broto de bambu, via o quanto o dinheiro pode mudar os homens, o quanto os nobres eram dotados de falsidade.

O-conto-daPrincesa-Kaguya-cinema-japanzone

Em aproximadamente três anos a princesa já era quase uma mulher adulta, e os rumores de sua beleza trouxeram muitos pretendentes até a sua mansão, todos prometendo jóias e presentes que provavelmente eram tão inexistentes quanto a possibilidade de uma menina nascer de um bambu.

Kaguya não se sentia bem em ser tratada como tesouro, tanto por seus pretendentes como por seu pai, então usando de sua inteligência ela estipulou que se casaria com o homem que trouxesse aquilo que a prometera, como todos fizeram juras impossíveis á moça, ninguém conseguiu a façanha de a conquistar.

Imagem-29

Á medida que o tempo passa vontade de voltar ao campo mais crescia em kaguya, eis que chegamos ao ponto chave do filme, onde começamos a ligar os pontos e a entender por que o Conto da Princesa Kaguya não é uma história comum. A forma como tudo é contado, sem pressa e de maneira suave, nos faz querer assistir o filme até o final, os traços suaves e ao mesmo tempo rústicos do artista realmente emocionam o telespectador, o final pode não ser esperado, mas surpreende positivamente.

Eu particularmente não estava esperando pelo desfecho apresentado, nem imaginei que seria aquela a origem da princesa, há mesmo uma queda de desenvolvimento de qualidade perto do final, mas mesmo assim O Conto da Princesa Kaguya não deixa nada a desejar.

o filme já está no cinemas brasileiros, então não perca tempo não assistindo!!!

 

Trailer:

 

REVIEW OVERVIEW
o conto da princesa kaguya
SHARE
Apenas um cara vivendo entre palavras, imagens e sons dispostos em composição em uma tela