Diferente dos longas live-action que dividem opiniões do púbico e da crítica, o universo animado da DC tem um histórico muito louvável com suas animações, vindo desde “Liga da Justiça” até filmes como “LEGO: Batman”, e agora chega aos cinemas com “Os Jovens Titãs em Ação!”.

Crítica: Os Jovens Titãs em Ação!

A história se passa em um universo onde os filmes de heróis estão no auge do sucesso, e todas as figuras heroicas que ganharam o seu próprio longa-metragem são veneradas como grandes celebridades. Enquanto isso, os Jovens Titãs são vistos como um grupo infantil e ineficiente, que não conseguem resolver os problemas que se comprometem a solucionar. Diante dessa situação, Robin se sente inferior aos outros heróis e está disposto a fazer qualquer coisa para ter a sua história de vida contada nas telonas. Para isso ele conta com o apoio do seu grupo composto por Cyborg, Ravena, Estelar e Mutano.

Como fica claro pela sinopse, o filme brinca muito com o cenário atual de Hollywood repleto de filmes de super-herói, e não pense que isso se limite ao universo da DC, pois os colegas da Marvel também não citados frequentemente e sem qualquer filtro. Até mesmo o próprio Stan Lee tem o seu momento no filme, satirizando as suas aparições clássicas no MCU.

Como estamos lidando com a versão mais infantil dos jovens titãs, o tom do humor e até mesmo o ritmo da história é voltado para as crianças, então não espere arcos super complexos ou até mesmo o humor negro e as batalhas épicas da série adolesceste dos titãs. No entanto, as piadas e diversas referências ao enorme universo de super-heróis da DC e Marvel, tornam o filme divertido e acessível para todas as idades, principalmente para os fãs de quadrinhos.

Crítica: Os Jovens Titãs em Ação!

O design da animação segue o mesmo padrão da série exibida pelo Cartoon Network, assim como os dubladores originais que também são mantidos. Portanto prepare-se para acompanhar os protagonistas nas vozes de Charles Emmanuel (Mutano), Eduardo Borgherth (Ciborgue), Luiza Palomanes (Estelar), Mariana Torres (Ravena), Manolo Rey (Robin) e Ricardo Schnetzer (Slade Wilson). Todos incríveis e com um excelente timing para humor, com um destaque especial para Ricardo como Slade, que consegue oscilar muito bem entre um tom mais engraçado e descontraído para uma versão mais imponente e vilãnesca.

Além do ótimo trabalho de dublagem, precisamos parabenizar também a equipe de tradução pelo excelente resultado. Afinal, diversas falas trazem gírias e jargões extremamente brasileiros, alguns de origem cultural e outros vindos da internet com os seus diversos memes, o que acaba deixando o filme ainda mais divertido.

“Os Jovens Titãs em Ação!” traz uma história simples e divertida que reúne diversos heróis do universo DC e ainda faz diversas piadas sobre o atual cenário do cinema de blockbusters e seus diversos filmes adaptados de quadrinhos. É uma excelente animação para assistir com a família, afinal entretêm tanto as crianças como os adultos.


Trailer: