jack01-750x380

O filme de quase duas horas de duração é dividido em duas partes, a primeira com mãe e filho ainda sequestrados e a segunda pós cativeiro, se você está pensando que isso é um spoiler não se engane, pois o trailer do filme e a sinopse oficial deixam bem claro que sim, eles conseguem ser libertos do seqüestro.

room_header-620x320Essa divisão é incrível, pois podemos ver uma bela atuação tanto de Brie Larson com a personagem Joy, comoROOM2 de Jacob como o personagem Jack, o mundo que a mãe cria para seu filho para ele não ter que ver com seus próprios olhos o horror que é aquela vida naquele quarto, e o mundo assimilado pelo filho que vê o quarto como mundo e pra ele que nunca saiu de La o lado de fora não existe.

Essa primeira parte é de tirar o fôlego, em todos os sentidos, a direção é genial, pois ela consegue te dar a dimensão de quão pequeno é o quarto, com um sentimento claustrofóbico e como para Jack cada móvel é como se fosse um planeta ou um personagem diferente.

O personagem do seqüestrador, Nick, por mais que apareça pouco ele é bem construído, dando uma face normal, como pessoa normal, que mora num bairro com uma vizinhança normal, que talvez possa se passar tranquilamente como cidadão de bem.
E a segunda parte com o garoto descobrindo o universo que até então não existia e a mãe tendo que lidar com o trauma causado pelos sete anos de seqüestro e também com os pais de Joy tendo que lidar com filha recém encontrada e um neto fruto de estupro.

O único ponto do filme que é mal explorado é referente ao pai de joy, que aparece apenas em duas cenas, mas podemos notar o quanto ele está incomodo com a situação.


room-exclusive-clip

 

O filme teve 4 indicações ao Oscar 2016, entre elas: Melhor atriz(brie Larson), melhor roteiro adaptado(Emma Donoghue), melhor filme e melhor diretor (Lenny Abrahamson).

Room tem estréia prevista no Brasil em 18 de fevereiro.

 

Assista ao trailer de Room:

 

Ficha técnica:

Nome: Room

Diretor: Lenny Abrahamson

Roteiro: Emma Donoghue

Elenco: Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen, William H. Macy

REVIEW OVERVIEW
Room
SHARE
Apenas um cara vivendo entre palavras, imagens e sons dispostos em composição em uma tela