A adolescência é uma fase de mudanças e autoconhecimento bastante complicada para muitos jovens, principalmente por marcar o início da vida sexual. Inspirada nesse período conturbado da vida dos adolescentes, Sex Education chega no catálogo da Netflix com muito bom humor, ousadia e quebrando tabus.

Asa Butterfield da vida ao protagonista Otis, um jovem de 16 anos que, com incentivo da rebelde Maeve Wiley (Emma Mackey), passa a ser o terapeuta de seus colegas da escola, os ajudando a resolver problemas sexuais, mesmo ainda sendo virgem e inexperiente. Seu amplo conhecimento no assunto veio através de sua mãe, Jean (Gillian Anderson) que trabalha como terapeuta sexual.

Com uma abordagem super bem humorada, a série tenta desfazer alguns tabus, falando abertamente sobre dúvidas sexuais e apreensões bastante comuns em jovens que estão começando a ter relações íntimas.

Além da parte cômica, há um viés de drama relacionado também com a temática do sexo na adolescência e trazendo, por exemplo, questões como aborto e homossexualismo. Nesse viés é possível perceber algumas semelhanças com a série Skins, que tinha uma abordagem parecida e também foi produzida no Reino Unido.

Um dos grandes destaques da série é o melhor amigo de Otis, Eric, interpretado por Ncuti Gatwa. O personagem é totalmente carismático, autêntico e divertido. O ator tem uma atuação bastante marcante, tanto nas cenas de comédia onde Eric é bastante caricato, quanto nas cenas mais dramáticas em que vemos um lado frágil e sensível do personagem.

Os oito episódios da primeira temporada podem ser facilmente maratonados e o final deixa gancho para uma nova temporada. A julgar pela boa receptividade do público, a série tem tudo para ganhar continuação.

Assista ao trailer: 

 

REVIEW OVERVIEW
Roteiro
9
Direção
9
Atuações
9
Direção de Arte
9
Direção de Fotografia
9
SHARE
Avatar
Jornalista, maratonista de séries, apaixonada pelo mundo do cinema e aspirante a fotógrafa.