[#FQVPV] Taxi Driver

0002131-1920x1080Taxi Driver é um filme de 1976, dirigido pelo Martin Scorsese.

Não deixe de acessar também, essa crítica de forma mais efêmera e direta por vídeo:

 

Travis Bickle é um ex-fuzileiro naval que sofre por insônia, com isso, ele resolve trabalhar como taxista no período noturno. Cansado da suja cidade de NY, o próprio adota uma missão!

O filme conta com uma aula de direção de Martin Scorsese. Ele consegue passar um sentimento monótono para o espectador, assim como é a vida de Travis. Além de contar com eficientes e exuberantes jogos de câmera; como o ângulo ploongée usado na cena mais sangrenta do longa, trazendo inferioridade e fragilidade aos personagens, deixando o espectador com uma vista de superioridade perante aquele ato.Scorsese

O belo roteiro de Paul Schrader constrói e emite muito bem a questão da solidão, nos concebendo frases marcantes sobre a mesma. E pontua com clareza a decadência americana pós-guerra do Vietnã.schrader

O nomeado Bernard Hermann fez uma ótima trilha sonora, trazendo melancolia ao filme, principalmente com o uso do saxofone, e acompanha muito bem o sentimento de raiva do Travis com o acelerar das batidas dos prováveis tambores.bernard

A fotografia à parte de Michael Chapman ajuda a relatar o nojo e o estresse da cidade, com o uso dos tons em neon, vindo de semáforos, prostíbulos, lojas… O neon deixa as cores gritantes, irritando e confundindo o espectador. A fotografia também é metafórica em certos pontos. Na cena inicial do filme o protagonista olha a população pelo retrovisor, nos dando a perspectiva de julgamento, além disso é utilizado o vermelho no rosto do Bickle para trazer uma perspectiva infernal do que é visto.Fotografia taxi driver

A direção de arte consegue ambientar muito bem aquela suja NY. Aspectos como o taxímetro que sempre é reiniciado com um novo passageiro, mostra a repetição da vida do personagem principal. O copo com aspirina borbulhando reflete totalmente a mente do Travis. Os bueiros que liberam fumaça fazem uma alusão que as ruas estão pegando fogo, ali é o inferno. Todos esses simbolismos aumentam a qualidade do filme, mostrando que isso sim, é uma obra áudio visual.copo borbulhando

O filme conta com grandes nomes como Harvey Kaitel, Jodie Foster e Robert De Niro, o protagonista do filme. De Niro, nos concebeu uma atuação muito convincente, demonstrando uma franca e raivosa narração. O mesmo gesticula pouco e, mesmo assim cria muita tensão. Além de ter feito uma cena sensacional, improvisada, cuja cena no futuro acabou sendo muito revisitada e referenciada no mundo do cinema.            “You talkin’ to me?”jodie_foster_jodie_and_robert_de_niro_in_taxi_driver_1976_qxVcEi3_sized

 

Esse parágrafo contém SPOILER

Na minha opinião, todo o ato agressivo do final do filme foi um devaneio. Repare na olhada e a ajeitada que Travis dá no retrovisor demonstrando que aquele ato, provavelmente, foi algo da sua mente, com isso nada aconteceu…

 

SEM SPOILER novamente

Táxi Driver é um filmaço de um dos melhores diretores de todos os tempos, subjetivamente, o melhor vivo! Contando com o mestre Bernard Hermann que, já se mostrava mestre trabalhando com o Alfred Hitchock. Além de ter Robert De Niro que nessa época era um ator incrível!

Infelizmente, Taxi Driver não levou um Oscar, acabou perdendo para Rocky, essa foi a maior injustiça de todos os tempos da cerimônia! Mas, mais importante do que o Oscar é o espaço que o filme tomou nos nossos corações!

 

SHARE
Engenharia mecatrônica e programação são uma das minhas possíveis e futuras profissões porém minha passividade é o cinema. Paulista nerd com 17 anos de idade. Back to the future