rectify-51d2285a9cde5

Imagine você no ultimo ano do ensino médio, agora imagine que você foi acusado pelo estupro e a morte da sua própria namorada, imaginou? Essa é “Rectfy” uma série americana criada por Ray Mckinnon e protagonizada por Aden Young.

Apesar da sinopse citar o ensino médio, a série se passa 19 anos depois do crime, que ocorreu nos anos 90, portanto a série se passa nos dias atuais. Daniel (Aden Young) foi acusado de estuprar depois matar a namorada de 16 anos, ele então foi condenado a morte, após 19 anos de adiamentos, após o advento do exame de DNA, o rapaz é liberto e volta ao convívio de sua família.

Rectify_dining_room_1000xvariable

rectify_gallery_amantha_holdenO quão diferente é a vida para alguém que viveu os últimos anos no corredor da morte? É isso que vemos ao decorrer dos episódios, vemos o quão grande é o choque tecnológico para o personagem, aliás, Rectfy é um drama psicológico de narrativa lenta, o que difere de muitas séries ou filmes do gênero.

Aos poucos vamos tentando entender o que se passa na mente do “quieto” Daniel holden, e toda a luta de sua irmã (Abigail Spencer), para tira-lo do corredor da morte, e depois para mante-lo fora, a trama tem grande foco nas relações familiares, Daniel tinha acabado de perder o pai, e enquanto estava na cadeia á mãe se casou com outro homem, e a relação com os novos membros da família é um tanto quanto “inquieta” principalmente com o novo irmão.

Flashbacks do cárcere são bem recorrentes, eles te fazem adentrar nas duras memórias de um menino que ainda nem saiu do colegial em meio a assassinos, estupradores e pedófilos.rectify1

Daniel é um leitor voraz e sofre de uma espécie de miopia, causada pela falta do exercício da visão para longe, isso só ocorre porque na cadeia ele sempre esteve em ambientes fechados, não possibilitando assim ver o horizonte.

rectify-103-1A atuação de Aden é magnífica, imagina um garoto passar 19 anos na cadeia, e ao que tudo indica injustamente, é como se ao sair do presídio ele tivesse que deixar o homem violento que aos poucos foi se tornando para dar lugar ao jovem que deixou de ser quando entrou, e o ator consegue transmitir muito bem isso, ás vezes utilizando-se apenas da sua boa postura corporal ou do comportamento tímido e quieto.

O vemos se deparar com iphones e ipods, a nova geração de consoles de videogame, algo quase impossível de entender pra quem parou no tempo a dezenove anos, os gráficos modernos o assustam e o touch-screen dos celulares o causam repudio imediato.

rectify-104-2

Essa é uma boa dica pra quem está procurando assistir uma ótima série, com enredo bom e com uma fotografia tão boa quanto a de Breaking Bad. A série já está na sua terceira temporada, mas não se assuste, a primeira tem apenas 6 episódios e a segunda 13, então da pra maratonar tranquilo no fim de semana, e apesar de ter um ritmo um pouco lento, a série te prende, ela cutuca o seu instinto de seriador, aquele que quando ligado não te deixa parar de assistir por nada nesse mundo.

veja o trailer da primeira temporada:

SHARE
Apenas um cara vivendo entre palavras, imagens e sons dispostos em composição em uma tela