Filme de “My Hero Academia” se tornou a produção baseada em anime mais lucrativa dos EUA

O longa-metragem, My Hero Academia: Two Heroes se tornou o mais lucrativo da categoria nos Estados Unidos em 2018, segundo o Box Office Mojo.

Com lançamento limitado, o longa baseado no anime My Hero Academia alcançou a marca de US$ 5,7 milhões no território dos EUA, o anime conseguiu ficar na posição 149, um feito notável para as produções baseadas em mangás que estreiam no país.

 A trama se passa após o arco dos Exames Finais, Deku e All Might recebem um convite para visitarem a “I Island”, uma cidade móvel, onde a dupla conhece Melissa, uma garota sem peculiaridades. No entanto, o sistema de segurança da ilha é tomada por um vilão, que pretende iniciar um “projeto” capaz de abalar a sociedade de heróis, e a chave é o próprio All Might.

O anime é produzido pelo estúdio Bones (Fullmetal Alchemist: Brotherhood, Noragami), com direção de Kenji Nagasaki (Gundam Build Fighters). O design dos personagens permanece sendo feito pelo ilustrador Yoshihiko Umakoshi (Saint Seiya Omega, Berserk).

A quarta temporada de My Hero Academia estreia na TV em outubro de 2019.

SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.