Hack The City: Artistas solucionam problemas urbanos em nova série do National Geographic

“Hack The City” é a nova série do National Geographic em parceria com a Intel. Na produção, nós somos apresentados a diferentes artistas que são convidados para usarem seus talentos em prol da cidade, solucionando problemas urbanos que afetam a população.

Hack The City
“Giganto” da fotógrafa Raquel Brust

No primeiro episódio conhecemos o projeto “Giganto”, da fotógrafa Raquel Brust, que passou um longo período fora do país e de volta ao Brasil, ela acabou tendo a sua atenção fisgada pelos problemas enfrentados pelos refugiados que vivem na cidade. Diante disso, a artista buscou uma forma de dar voz à essas pessoas através de suas fotos.

O resultado desse trabalho é um grandioso retrato em um dos edifícios que permeiam o elevado ‘Presidente João Goulart’, mais conhecido como Minhocão, entre o centro e a zona leste de São Paulo. A obra “conversa” com o público por meio do olhar de uma mulher de origem árabe, protagonista da foto.

A série conta com quatro episódios e cada um deles explora o projeto de um artista diferente, sempre envolvendo a tecnologia e a arte no intuito de melhorar algum ambiente urbano.

“Esse é um projeto muito especial, porque vai além do conteúdo na TV e deixa um legado para a cidade, gerando um impacto real na vida das pessoas. Estamos muito felizes em ter como parceira uma marca que acredita na força de um conteúdo com proposito verdadeiro”, diz Wladimir Winter, diretor do FOX Lab, área de criação de conteúdo para marcas e inovação da FOX Networks Group no Brasil.

Hack The City
Projeto do coletivo Mooc

No segundo episódio a série nos leva até a comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo. Na região, os moradores possuem uma pista de skate que é bastante utilizada por eles, especialmente pelos mais jovens, mas o espaço encontra-se precisando de manutenção. Para isso, a equipe do “Coletivo MOOC” entra em ação, reformando o ambiente e o tornando mais atrativo tanto para lazer, como para manifestações artísticas.

“A motivação da Intel com esse projeto é mostrar que a tecnologia permite ir além, viabilizando projetos incríveis”, comenta Carlos Buarque, diretor de Marketing da Intel Brasil. “A Intel sempre busca proporcionar experiências positivas às pessoas, inspirar por meio do talento e do uso da criatividade e ser parte de um projeto como esse é não só mostrar como a tecnologia está presente no dia-a-dia de todos, mas também disseminar o impacto que a ela pode ter”, continua.

“Hack The City” estreia no National Geographic e no FOX App nesta quarta-feira, dia 12 de setembro às 19h45, e na mesma data também estará disponível no YouTube da National Geographic, aberto ao público.

SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.