[Crítica] Halloween II O Pesadelo Continua (1981)

O segundo filme da consagrada série Halloween se passa no mesmo momento em que o 1º filme parou
Haddonfield, Illinois, 31 de outubro de 1978, noite de Halloween. Michael Myers (Tony Moran) assassina três estudantes e tenta matar Laurie Strode (Jamie Lee Curtis), o que apenas não consegue porque o psiquiatra dele, Samuel Loomis (Donald Pleasence), atirou seis vezes em Myers, que escapou apesar de ter sido baleado. Laurie foi levada para a Haddonfield Memorial, o hospital da localidade, para tratar dos ferimentos e se recuperar do choque, mas começa a questionar por qual razão Michael a perseguiu. Enquanto isso, Loomis e a polícia procuram Michael pela cidade. Ele continua fazendo outras vítimas, mas seu objetivo é ir até o hospital e assassinar Laurie. Há uma razão para esta obsessão doentia, um motivo que nem Loomis sabe ainda.

Nota: 7,0

Trailer:

SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.