[#FQVPV] Laranja Mecânica (1971)

laranja-mecanica

Stanley kubrick procura estabelecer um espaço hostil para afligir o ouvinte diante das cenas de ultraviolência ao qual laranja mecânica é visível tal aspecto, kurbick buscou mostrar como o conflito entre a mente do ser humano com a carne exemplifica uma constante insaturação de violência,esta então o conflito lógico se uma cidadela sem lógica.

Laranja Mecânica atribui um espaço hostil de propósito para poder atingir a sociedade no quesito violência na qual os próprios fundaram, laranja mecânica demonstra uma transcendência filosófica para com os erros de uma determinada sociedade,o mundo está em meio a uma carnificina de desejos e um cheiro fétido de mendigos definhando com garrafas de vodca pelos becos de um cidadela em caos,digamos que laranja mecânica tenha anexado todos os equívocos dos seres humanos ao decorrer das eras e colocado em meio a um povoamento de seres irracionais com os mesmos quesitos (todos o erros foram colocados em um só lugar) ,tal obra foi uma adaptação do livro homônimo de Anthony Burgess na qual ,Stanley kubrick conseguiu adaptar com vestígios da futrica época do filme. A obra conseguiu um lugar na escrita panegírico de alguns críticos e reprimido por outros.

A violência é uma questão natural no filme deixando ser interpretada de modo social quanto tudo e cínico com as razões que o levam a espancar, estuprar e colidir com as regras sociais.A maneira com que o filme flui é deveras intuitivo ,ele associa como é a interação social entre os jovens,realiza o contexto metafórico de que a violência sempre irá transcender gerações e os erros serão algo evidente onde a violência e quebra de regras morais, sociais e individuais são uma disposição do personagem Alex ( Malcolm McDowell ) isso foi demonstrado em um período fervoroso ,deixando com que aprofunda se ainda mais a esfera de sua filosofia, o indivíduo criado pelo âmbito influenciável.

O filme trata se de uma gangue em uma desolada Inglaterra do futuro, a violência das gangues juvenis impera, provocando um clima de terror. Alex (Malcolm McDowell) lidera uma das gangues e,entre esse período , o grupo descansa em um bar tomando leite drogado emergindo dos seios de uma boneca metamórfica, após praticar vários crimes, é preso e submetido à reeducação pelo Estado, com base em uma técnica de reflexos condicionados. Quando ele volta à sua vida em liberdade, é perseguido por aqueles que foram suas vítimas, Mr. Alexander (Patrick Magee) e o mesmo pela vingança de sua esposa.

cena-de-laranja-mecanica-1971-1366829969803_956x500

Em mais uma prazerosa noite do salto ultaviolência ,Alex novamente se infiltra em uma casa procurando vestígios para violentar e assassinar uma certa senhora, as coisas saíram do eixo a mente sádica de Alex não havia notado o quão desesperados estavam seus amigos e junto com esse comportamento eles fugiram depois de quebrar uma garrafa de leite aos olhos de Alex, assim ,sem reação, começara e grunhir feito um “eunugo” e o caos mais uma vez pairava Alex ,agora a polícia havia o prendido de assassinato. Na prisão, converte-se à religião, e transforma-se numa espécie de aprendiz dos bons e respeitosos costumes.

Com seu exemplar comportamento,Alex teve a oportunidade de participar de um teste que iria trazer de volta os conceitos morais e a saúde mental dos virulentos do mau da revolta social (Método Ludovico),após as afliges situações experimentais com cenas ultrajantes do século entrando em contraste com as sinfonia de Ludwig van Beethoven deixara as emoções de Alex atribuladas ,esta então, um meio de controle psicológico.

As sequências do “cinema moral” é fantástica, e a proposta de evidenciar essa cura, no “teatro de tentações”, é fabuloso e eficiente no que concerne identificar, através dos significados da pessoa doente, a devolução, ou reestruturação dos seus conceitos como pessoa pronta a residir no meio social. A trama é totalmente direcionada à uma Critica ao Behaviorismo. O problema não foi o Método em si, mas o Alex abrir mão do Livre-Arbítrio dele, por uma falsa “liberdade

A razão pela qual essa obra seja tratada com todo esmero,Os diálogos construídos, a destreza dos ângulos (belamente fotografados), os cortes, a trilha,o último ato demonstra o quão é desesperador sair do seu estado natural para presenciar a realidade tão esvaecida ,Alex se cura trazendo seu livre arbítrio em uma destreza crua e eloquente.

REVIEW OVERVIEW
Nota
SHARE
Engenharia mecatrônica e programação são uma das minhas possíveis e futuras profissões porém minha passividade é o cinema. Paulista nerd com 17 anos de idade. Back to the future