[HQ] O Assunto é… John Constantine!

ads_contantine

 

Quando o cultuado roteirista inglês Alan Moore assumiu a revista do Monstro do Pântano, da DC Comics, perguntou aos desenhistas de série o que gostariam de fazer. Fãs do grupo The Police , Steve Bissette e John Totleben responderam que gostariam que Moore criasse um personagem que fosse parecido com o cantor Sting. Essa foi a deixa para o surgimento, em 1985, de John Constantine, um misterioso e manipulador especialista em artes místicas, que se tornou uma espécie de guia para o Monstro do Pântano, numa série de história bastante adultas para os padrões da época.

Constantine já ajudou um garoto inglês franzino, de óculos, dono de uma coruja branca e destinado a se tornar o maior mago de todos. Estamos falando de Timothy Hunter, herói de Livros de Magia, minissérie escrita por Neil Gaiman em 1990, sete anos antes de J. K. Rowlling lançar o primeiro livro de Harry Potter. Plágio? Gaiman sempre defendeu Rowlling, afirmando que o arquétipo do jovem feiticeiro tem vários outros precedentes na literatura.

Uma estranha lenda sobre John Constantine é que o personagem já apareceu para seus roteiristas na vida real. Alan Moore afirmou já ter cruzado com o mago duas vezes e Jamie Delano também disse numa entrevista que acredita ter visto Constantine em um museu. Pelo jeito, Sting deve gostar de se fantasiar de Constantine para pregar peças na galera.

Uma marca registrada politicamente errada sobre Constantine é o tabagismo. O personagem fuma 30 cigarros por dia e até já contraiu câncer de pulmão, durante o clássico arco de histórias Hábitos Perigosos (mas se livrou ao enganar três perigosos demônios para que o curassem). Sua mara favorita são os cigarros Silk Cut, que existem na vida real, mas nunca utilizaram o amoral mago em suas campanhas publicitárias.

Lançado em 2005, o filme Constantine foi a primeira adaptação live-action do mago inglês, interpretado por Keanu Reeves. Com direção de Francis Lawrence (Eu sou a Lenda), a produção alterou diversos elementos em relação aos quadrinhos: para começar, Constantine se transformou em um norte-americano moreno com habilidades mediúnicas. Mas talvez o elemento mais deslocado seja uma infame metralhadora em forma de cruz usada por Reeves.

Com a produção de Daniel Cerone (O Mentalista), roteiros de David Goyer (Batman: O Cavaleiro das Trevas) e direção de Neil Marshall (Game of Thrones), a série de TV tem maior fidelidade às HQs e um Constantine loiro e britânico, feito pelo galês Matt Ryan. A NBC está no caminho certo com um tal de Constantine que provavelmente não fuma na série…

 

SHARE
Cine Mundo
Textos produzidos ou divulgados pela redação do site.