O lendário quadrinista John Romita Jr. é confirmado na CCXP 2018

CCXP – Comic Con Experience acaba de confirmar a presença do quadrinista americano John Romita Jr. na quinta edição do festival, que acontece de 06 a 09 de dezembro de 2018 no São Paulo Expo.

Filho de John Romita Sr., um dos artistas mais famosos de Spiderman (Homem-Aranha) desde os anos 1960, Jr. aos 13 anos de idade propôs a criação de um personagem a Stan Lee, que posteriormente apresentou Prowler (Gatuno) ao lado de John Buscema na revista The Amazing Spider-Man #78 (O Espetacular Homem-Aranha) em 1969.

Logo em seguida teve grande popularidade ao participar de histórias do Iron Man (Homem de Ferro) ao lado do escritor David Michelinie e do desenhista Bob Layton, ambos criaram  personagens como a namorada do guarda-costas de StarkBethany Cabe, e o rival Justin Hammer. Nessa fase, desenhou os clássicos do Homem de Ferro: Warmor Wars (A Guerra das Armaduras) e Demon in a Bottle (O Demônio da Garrafa).

Nos anos 1980, teve participação regular nas revistas do Homem-Aranha. Ao lado do escritor Dennis O’Neil, apresentou as personagens Madame Web (Madame Teia) e Hydro-Man (Homem Hídrico), além de cocriar Hobgoblin (Duende Macabro) com o roteirista Roger Stern. Desenhou ainda Marvel Super Hero Contest of Champions (Torneio de Campeões).

Na década de 1990 continuou em diversos títulos da Marvel, como: o segundo arco da história Armor Wars do Homem de FerroThe Punisher War Zone (O Justiceiro: Em Zona de Guerra); a primeira minissérie do mutante Cable; e o crossover de Punisher (Justiceiro) e Batman. Além disso, Romita Jr. colaborou com Frank Miller em Daredevil: The Man Without Fear (Demolidor: O Homem Sem Medo).

Já nos anos 2000, o artista retornou às histórias do Homem-Aranha, participando de uma HQ em homenagem às vítimas do ataque de 11 de setembro, em que mostrava que até mesmo o super-herói estava inconformado com tamanha destruição. Outro trabalho de destaque na época foi na série regular do Wolverine – personagem cocriado pelo seu pai – ao lado do roteirista Mark Millar.

Após 30 anos na Marvel, John Romita Jr. foi convidado pela DC Comics para ser um dos artistas exclusivos da editora, trabalhando em Superman (Super-Homem) com o escritor Geoff Johns, em 2014. Ao lado de Scott Snyder, participou do relançamento de DC Rebirth (Renascimento) com a revista All-Star Batman, de 2016. No mesmo ano, desenhou uma história do Joker (Coringa) escrita por Frank Miller e Brian Azzarello que integra a cronologia do clássico O Cavaleiro das Trevas.

Atualmente, o artista está trabalhando com Frank Miller em Superman: Year One, série que mostrará as origens do Homem de Aço e será lançada ainda neste ano.

O artista vem ao Brasil pela primeira vez e será um dos principais quadrinistas do mundo a passar pela CCXP. Romita Jr. estará no evento todos os dias no Artists’ Alley – espaço dedicado especialmente aos quadrinhos – em horários pré-definidos, e em painéis especiais nos auditórios. Todas as atividades terão a programação completa divulgada em breve.

CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que reuniu 227 mil pessoas em 2017 e reiterou o recorde de público em comic cons no mundo, terá sua quinta edição entre 6 e 9 de dezembro de 2018 no São Paulo Expo.

SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.