Por Onde Andam? – O elenco de Blade Runner (1982)

Harrison Ford

Acredito que se você não conheceu o Harrison Ford em Blade Runner, certamente teve contato com o seu trabalho através do personagem Han Solo, em Star Wars, ou na franquia Indiana Jones. O ator teve o prazer de trabalhar no clássico de ficção científica dirigido por Ridley Scott, no papel de Rick Deckard, que inclusive ganhará um filme independente, focando apenas no seu personagem.

Em sua carreira, Harrison também esteve em outros filmes marcantes como, “Apocalypse No” (1979), “Cowboys & Aliens” (2011) e “Os Mercenários” (2014). Ford recebeu indicação no Oscar e no Globo de Ouro pelo filme “Witness”. O seu longa mais recente, “Blade Runner 2049”, segue em cartaz nos cinemas.

 

Sean Young

Sean Young é atriz, produtora, roteirista, executiva de relações públicas e jornalista, dançarina e modelo. Young é mesmo uma profissional completa, não é verdade?

Ela começou a sua carreira de forma promissora, atuando em “Manhattan” (1980), depois seguiu para “Recrutas da Pesada” (1981), e em 1982 ela se lançou no filme de Gary Marshall, “Médicos Loucos e Apaixonados” (1982). A atriz também colaborou para que Jim Carrey se tornasse uma estrela de Hollywood, devido ao filme “Ace Ventura – Um Detetive Diferente” de 1994.

Atualmente, Sean Young reside em Austin, onde ela criou o Austin Film Tours que é um passeio para conhecer a locação dos filmes em Austin. O seu último trabalho nos cinemas foi em “Jug Face” (2013) interpretando Loriss.

 

Brion James

Brion James esteve em papeis diversos durante a sua carreira de ator, atuando em produções de terror, comédia, ficção científica e drama. O ator trabalhou em mais de 120 produções cinematográficas, entre elas: “O Quinto Elemento” (1997), “A Casa do Espanto 3” (1989), “Silverado” (1985), “Tango Cash” (1989) e muitos outros. Infelizmente, não teve tempo de faturar prêmios, pois faleceu em 1999, mas com certeza será lembrado por sua versatilidade.

 

Rutger Hauer

Blade Runner abriu as portas para Rutger Hauer, que tem vários longas em seu currículo, o ator chegou até a publicar a sua autobiografia em 2008. Rutger fez filmes importantes como: “Confessions of a Dangerous Mind” (2003), “Sin City” e “Batman” (2005). Seus últimos trabalhos no cinema foram “Drácula 3D” (2012) e “RPG” (2013).

 

Edward James Olmos

Edward James Olmos é um ator de ascendência mexicana, se você não se lembra dele em “Blade Runner”, provavelmente o conhece pelo icônico papel do Comandante William Adama, em “Battlestar Galactica” (2003), ou por seu trabalho na série “Miami Vice” (1984), onde viveu o Tenente Martin Castilho, que recebeu um Emmy de melhor ator coadjuvante. O ator ainda foi indicado ao Oscar de melhor ator por “O Preço do Desafio” (1988), e o seu trabalho mais recente foi na série da Marvel “Agents of SHIELD” em 2015.

 

Daryl Hannah

Daryl Hannah esteve envolvida em vários filmes na década de 80, entre eles Blade Runner. A atriz também foi ganhadora do prêmio The Saturn Awards como melhor atriz coadjuvante pelo seu papel em “Kill Bill: Volume 2”.

Hannah escreveu, dirigiu e produziu um pequeno filme intitulado “The Last Supper”, e dirigiu, produziu e foi diretora de fotografia do documentário “Strip Notes“, que foi transmitido no Canal 4 no Reino Unido, e na HBO. Atualmente ela atua na série Sense8 da Netflix, que foi cancelada recentemente, mas ainda terá um episódio especial de encerramento.

 

Joanna Cassidy

Joanna Cassidy teve uma boa carreira com filmes como: “Onde Está o Coração” (1990), “Blade Runner” (1982), “Uma Cilada Para Roger Rabbit” (1988), “Um Vampiro no Brooklyn” (1995), entre vários outros. Ela também esteve em boas produções na TV, como “Six Feet Under” (2001) pela qual recebeu uma indicação ao Emmy como melhor atriz coadjuvante e “Buffalo Bill” (1983), que não só rendeu uma indicação ao Emmy, como também garantiu o seu Globo de Ouro pelo papel. Entre os últimos trabalhos de Cassidy temos o filme independente “Too Late” (2015), e a série “The Odd Couple” (2015).

 

SHARE
Andreza Nunes
Nascida em Recife, jornalista por formação, adoro ensinar e trocar conhecimento. Acredito que o cinema é uma arte enriquecedora que pode promover reflexões, mudanças e propiciar a fuga da realidade.