Depois do fracasso de crítica do primeiro filme, a Warner deseja de coração que Mel Gibson aceite dirigir o segundo filme de Esquadrão Suicida. Por isso, nós do Cine Mundo destacamos alguns motivos pelo qual Gibson poderá ser um bom diretor.

Apesar de ter poucos filmes como diretor, Gibson conseguiu firmar seu nome, não só como um ótimo ator, assim também como diretor. Um dos exemplos é o filme A Paixão de Cristo (2004), um sucesso de público e crítica. É interessante falar desse filme, pois, sempre que ele é citado, é referido como: A Paixão de Cristo de Mel Gibson, tamanho o impacto que teve com essa obra.

Além do filme A Paixão de Cristo, ele dirigiu também, O Homem sem Face (1993); Coração Valente (1995); Apocalypto (2006) e o recente Até o Último Homem (2016).

Sem falar das atuações em grandes filmes,como em  Máquina Mortífera, Mad Max, Hamlet, O Patriota, Coração Valente, Sinais, Do Que as Mulheres Gostam, são alguns dos papéis que fazem com que Gibson seja uma ótima escolha. A versatilidade que Mel Gibson possui é um grande trunfo para criar uma boa sequência em Esquadrão Suicida.

SHARE
Avatar
Estudante de jornalismo. Gosto muito de filmes, séries, HQs, mangás... Escrevo algumas coisitas nas horas vagas.