Primeiras impressões: 7ª temporada de “Game of Thrones”

Atenção! Contém spoilers.

A sétima temporada de Game of Thrones estreou no último domingo (16), batendo o recorde de audiência do canal HBO, que alcançou 10,1 milhões de espectadores nos Estados Unidos, segundo a Variety. Fãs do mundo todo pararam para assistir ao primeiro episódio da temporada, chamado”Dragonstone”.

A primeira cena já chegou para mostrar porque Game of Thrones é uma das séries mais famosas do mundo e os fãs puderam saborear o sabor da vingança articulada por Arya Stark, que finalmente vingou os Stark pelo massacre ocorrido no Casamento Vermelho.

Após cortar a garganta de Walder Frey na última temporada, Arya roubou o rosto de Walder e envenenou todos os Frey que participaram da emboscada que matou parte dos Stark.

Essa foi, de longe, a melhor sequência do episódio. Arya é uma personagem que vem evoluindo bastante durante a série e já deixou claro seu próximo passo: matar Cersei. E a morte da Rainha parece estar cada vez mais próxima.

Há fortes indícios de que a morte de Cersei virá pelas mãos de seu próprio irmão Jaime Lannister, como já revelado em uma profecia na 5ª temporada para a própria Cersei.

Segundo a profecia, Cersei se tornaria rainha, teria três filhos e os três morreriam, fatos que já foram cumpridos. E por final, Cersei perderia o trono para uma jovem mais nova e bonita e seria morta pelas mãos do valonqar (irmão mais novo em valiriano).

Os indícios aumentaram devido a cena onde Cersei e Jaime aparecem sobre o mapa de Westeros. Na cena, Cersei está pisando onde seria o Gargalo, região conhecida como Neck, em português, pescoço. E Jaime está próximo das penínsulas chamadas Dedos. O que deixa implícito que Cersei é o pescoço e Jaime os dedos.

A chegada de Daenerys a Pedra do Dragão também deixa claro que o próximo passo da Mãe dos Dragões é invadir Porto Real e tomar de vez o trono que foi tirado dos Targaryen. Seria ela a figura mais jovem e bonita a destronar Cersei?

Em Winterfell, Jon toma decisões para proteger o Norte contra os White Walkers que parecem estar cada vez mais próximos. Vemos certa tensão entre Jon e Sansa, quando a ruiva contrária as decisões do meio irmão na frente de todos.

Jon não é o único em busca de estratégias para acabar com os White Walkers. Sam Tarly aparece em uma sequência nojenta da sua rotina na Cidadela. Ele decidiu partir até lá em busca de conhecimento sobre vidro de dragão e descobre que há bastante do metal escondido no subterrâneo de Pedra do Dragão. A descoberta pressupõe que o encontro de Jon Snow e Daenerys está prestes a acontecer.

Um dos destaques do episódio é Clegane, o Cão de Caça, que viaja com membros da Irmandade sem Bandeiras e, ao se abrigar em uma casa familiar do seu passado, vê uma profecia nas chamas.

O que Clegane está vendo são os White Walkers atravessando a Muralha, assim como Bran já conseguiu prever.

Durante um diálogo entre ele e Beric Dondarrian, Beric convence Clegane de que eles ainda estão vivos por algum motivo e isso nos leva a crer que eles podem ter uma grande participação na luta contra os caminhantes.

Esse primeiro episódio da temporada foi bastante rico, principalmente nos diálogos que deixaram claro que os eventos estão caminhando para uma conclusão e que poderemos esperar bastante batalhas e reviravoltas pela frente.

As personagens femininas protagonizaram cenas poderosas, mostrando que seus papéis são tão fortes, talvez até mais, do que a participação masculina na série.

Confira o teaser do segundo episódio da temporada:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REVIEW OVERVIEW
Roteiro
10
Direção
10
Atuações
10
Direção de Fotografia
10
Direção de Arte
10
SHARE
21 anos, Jornalismo PUC-Campinas. Maratonista de séries, apaixonada por cinema e aspirante a fotógrafa.