”Quando ouço jazz, não preciso sentir nada. Simplesmente me esvazio e ele sente tudo por mim.”

O meu gênero musical favorito é o jazz! É o unico estilo musical que consegue me tocar, que faz os meus sentimentos se aflorarem. Há um tempo eu vi uma reportagem do Chuva de Nanquim sobre o raking de vendas de mangás do começo de março, e me surpreendi quando li que tem um mangá sobre jazz que ficou em 8º lugar no ranking!!!!! E não deu outra… fui logo ler esse mangá que está dando o que falar.

Blue Giant conta a história de Miyamoto Dai, aluno do 3º ano que teve seu coração tocado pelo jazz, ele vive tocando seu saxofone independente do dia e horário.

Dai conheceu o jazz através do seu amigo Shuhei, que tocava rock e pegou alguns CDs de jazz pra conhecer um estilo musical diferente, então Shuhei levou Dai para uma cafeteria onde sempre tem apresentações  de jazz a noite. E foi aí que a magia aconteceu….

A partir daí Dai comprou um sax e se tornou um autodidata, e até então ninguém nunca o ouviu tocar. Ele perguntou para o seu amigo se ele quer ouvi-lo, e em seguida eles foram para a margem do rio Hirose, onde ele toca todos os dias.

E o que o seu amigo Shuhei nunca sentiu escutando jazz, agora ele escutou de forma grandiosa.

 

A Representação do Som e as Referências

Quando lemos alguma obra sobre musica, muitas vezes queremos escutar e sentir o que o personagem está vivendo no momento. Alguns autores são tão fodas, que consegue transmitir isso para o leitor. No mangá a música que Dai toca é de forma grandiosa e profunda, e o autor nos mostra isso com um traço agressivo.

Outra coisa bem interessante e que também não podia faltar em uma obra desse estilo é as referências aos músicos famosos de jazz, no começo do mangá já mostra os CDs do Charlie Parkes, Bill Evans e Miles Davis.

É pra qualquer fã de jazz ficar maluquinho!!

 

A continuação do mangá Blue Giant já está saindo no Japão e está fazendo muito sucesso também!!! O mangá se chama Blue Giant Supreme.

É impressionante ver que um mangá como esse está fazendo um baita sucesso, porque não é um gênero musical que é muito popular assim. Acredito que a história acaba seduzindo os leitores, e os tornando fãs.

Eu recomendo esse mangá pra todos que queiram conhecer algo fora do padrão e tenho certeza absoluta que você não vai se arrepender. E falo mais……. você vai me agradecer por isso! 😛

SHARE
Igor Matheus
Futuro publicitário e mineiro de Belo Horizonte. Sou maluco por filmes, séries e literatura.