“Here And Now” é a nova série de Alan Ball conhecido pelas produções de sucesso, “Six Feet Under” e “True Blood”, ambas da HBO, além do clássico “Beleza Americana”. Agora, em Here And Now, Alan retorna ao drama familiar em uma tentativa de emplacar uma narrativa tão impactante como foi “Six Feet Under” no início dos anos 2000.

Primeiras Impressões: Here And Now

Os Bayer-Boatwrights, de Portland, no Oregon, são, aparentemente, um modelo de família multirracial progressista. Greg é um respeitado professor de filosofia e escritor; sua mulher, Audrey, é uma ex-terapeuta que se tornou mediadora de conflitos em escolas do ensino médio. Greg e Audrey têm três filhos adotados – Ashley, Duc e Ramon – e uma filha biológica, Kristen. Mas, durante os preparativos da festa de aniversário dos 60 anos de Greg, começam a vir à tona problemas profundos que os levam a reavaliar seu estilo de vida, o que inclui levar Ramon ao Dr. Farid Shokrani, um perturbado psiquiatra.

O primeiro episódio da série traz uma narrativa pouco convencional para quem está habituado com as séries modernas que sempre contam com um grande gancho para abalar a vida dos personagens e servir de estopim para o início da história. Porém, assim como foi em Six Feet Under, Here And Now começa em um momento qualquer na vida de uma família comum, que aos poucos discorre sobre seus conflitos pessoais e rotinas conturbadas.

Com base em apenas um episódio, é difícil bater o martelo sobre qualquer detalhe da série, mas a primeira impressão que fica é de que trata-se de uma família disfuncional, que embora conte com um lar, aparentemente, livre de preconceitos e bastante acolhedor, ainda lida com diversos dilemas, como insegurança, traição, problemas de autoestima, e até mesmo um núcleo sobrenatural, que se for explorado com sutileza poderá render bons frutos para a história.

Primeiras Impressões: Here And Now

O elenco é bem dirigido, com destaque para Sosie Bacon, que vive Kristen, a filha biológica de Audrey Bayer (Holly Hunter) e Greg (Tim Robbins). A jovem é extremamente carismática e apresenta conflitos pertinentes à sua idade, sendo umas das personagens mais interessantes do episódio. Daniel Zovatto é o outro destaque, que possui um arco bastante envolvente acerca de suas visões enigmáticas e ainda conta com uma boa química junto de seu namorado, Henry (Andy Bean). Os outros dois irmãos, Ashley (Jerrika Hinton) e Duc (Raymond Lee), são apresentados de forma breve e não conseguem prender a nossa atenção em nenhum momento.

Podemos dizer que “Here And Now” nos entrega um episódio piloto promissor, que deve desenvolver melhor a sua história no decorrer dos próximos capítulos e, se Alan Ball conseguir resgatar um pouco do brilho que foi a obra-prima Six Feet Under, poderemos estar diante da melhor série da atualidade.