[Primeiras impressões] Magnífica 70

2015-816550523-magnifica70_foto5.jpg_20150514

Sinopse:

A série acompanha Vicente (Marcos Winter), um homem entediado com sua realidade, que trabalha no departamento de censura do governo de São Paulo. Ele é casado com Isabel (Maria Luiza Mendonça), mas acaba se apaixonando por Dora Dumar (Simone Spoladore), atriz de um dos filmes que ele tem como obrigação censurar. Querendo conhecê-la, Vicente ai até a Boca do Lixo, onde se produziam os filmes da pornochanchadas e alguns filmes independentes. Ao conhecer Dora e seu trabalho, ele fica encantado, e começa então a querer fazer mais parte desse mundo.

 

País de origem: Brasil

Duração: 52

Gênero: Drama

Censura: 16

Direção: Claudio torres

Elenco: Marcos Winter, Simone Spoladore, Adriano Garib, Maria Luiza Mendonça, Paulo Cesar Pereio, Joana Fomm, Bella Camero , Stepan Nercessian.

magnifica-70

 

Por que tudo que se produz do Brasil tem cara de novela?

De fato, os 20 primeiros minutos de série tem cara de novelão mesmo, não sei se o diretor Claudio torres quis dar esse aspecto, sinceramente eu gostei, a TV brasileira não tem muita “cara”, não tem um estilo de direção que você olhe e diga “isso é brasileiro”, a não ser pelas novelas, numa série, se bem trabalhado, talvez funcione bem.

O que é o caso, já que a trama tem uma boa dinâmica, algumas atuações realmente são muito boas, outras talvez sejam over the top, mas tudo isso faz jus ao roteiro que em muitas vezes é exagerado e utiliza muitos flashbacks, e muito desses tem links absurdos.

Uma coisa que incomoda bastante são os diálogos, o ponto fraco da série é que todos os personagens parecem engessados em suas falas, em muitas cenas temos uma falta de naturalidade por conta das falas serem desse modo, a impressão que dá é que os atores não tem liberdade nenhuma para improvisação.

Magnífica 70 é sim uma produção que deve ser assistida, como diria Tupac “algumas coisas nunca mudam”, e afinal de contas HBO é HBO, é obvio que seriamos agraciados com uma bela produção com uma ambientação ótima, daquelas que puxam o telespectador pra dentro da tela, você se sente em meio aos anos 70, cercado por pornochanchadas e calças boca de sino.

Vale a pena você dedicar seu tempo pelo menos para o piloto. E palmas para HBO que disponibilizou o 1° episódio  no You Tube.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SHARE
Apenas um cara vivendo entre palavras, imagens e sons dispostos em composição em uma tela