Durante o painel da Fox Channel na CCXP Tour Nordeste, tivemos o privilégio de ver o primeiro episódio da nova série nacional do canal, “Prata da Casa”, e agora trazemos para vocês o que achamos desse piloto da comédia.

Aqui vemos o cotidiano de uma família disfuncional atual, na qual Maurício (Diogo Vilela) e Hercília (Françoise Forton) estão prestes a se separar para viverem em paz com seus respectivos amantes, porém seu filho e ex-atleta olímpico Sérgio Henrique (Rodrigo Pandolfo) descobre uma traição de sua esposa e decide retornar para a casa de seus pais, sendo assim eles tentarão manter as aparências para o filho, enquanto ele tentará a todo custo dar a volta por cima de seus problemas com relacionamentos.

O canal Fox já havia entregado boas produções em dramas originais como “1 Contra Todos” e “Me Chama de Bruna”, mas ainda não possuíam bons resultados em suas comédias, pois bem, agora eles parecem terem enfim encontrado uma produção que se mantém com humor bem entrosado sustentado por boas ideias que dialogam com o público atual.

Para comentar do roteiro é preciso ressaltar que ele é ágil, bem montado e muito engraçado, apesar de nem todas as piadas serem uma completa novidade, ele consegue estabelecer e usar bem seus elementos. Tudo isso se deve tanto aos atores como também a forma como seus personagens foram escritos demonstrando defeitos que os tornam mais reais, apenas para arrancar muitas risadas com situações bizarras ocorrendo com cada um deles.

Muito disso como já havia dito, se deve ao seu elenco, que traz o que precisamos de seus personagens. Temos Diogo Vilela personificando com muito humor o machista e misógino Mauricio, enquanto Françoise Forton traz aqui uma mulher atual, independente e empoderada Hercília, que já não suporta mais seu marido e não vê motivos por manter essa farsa. Ainda assim quem dá o tom aqui é Rodrigo Pandolfo como Sérgio Henrique, um sujeito complexado com seus problemas no mundo das relações e que está redescobrindo como é a vida de solteiro.

Quanto ao lado técnico de arte e fotografia não há o que ressaltar, afinal esse não é o foco da produção, mas que consegue entregar um material aceitável, apenas para se focar nos outros âmbitos da série.

Dirigido por André Pellenz, diretor de “Minha Mãe é Uma Peça”, ele garante uma boa direção da dinâmica familiar, química e muito timing ao desenvolver seus personagens por meio do humor e das estranhezas que essa família possui.

O que se pode concluir desse episódio, é que “Prata da Casa” aposta nas relações conturbadas de famílias modernas e através disso traz humor e um clima descontraído, ao mesmo tempo em que impõe um certo sentimento por trás desses familiares.

Prata da Casa estreia na Fox no dia 10 de maio desse ano.

REVIEW OVERVIEW
Roteiro
8
Direção
9
Atuações
9
Direção de Fotografia
7
Direção de Arte
7
SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.