A Casa dos Pesadelos
Autor: Marcos DeBrito
Ano de Lançamento: 2018
Nº de páginas: 144
Editora: Faro Editorial

É muito difícil eu terminar uma leitura que me deixe bastante “pilhado” com a história. Eu li o livro anterior do Marcos que foi O Escravo de Capela e a história me agradou bastante, mas posso dizer com convicção que A casa dos Pesadelos superou todas as minhas expectativas!

No livro conhecemos a história de Thiago, um adolescente que não visita a sua avó desde quando ele viu uma certa criatura na casa dela quando era mais novo. Diante desse problema, ele começou a fazer um tratamento com uma psicóloga para que o ajudasse a perder esse trauma. Depois de algum tempo, Thiago decide retornar até a casa de sua avó, juntamente da sua mãe e do seu irmãozinho de seis anos. A ideia da visita é comprovar se realmente tudo aquilo que ele viu foi real ou apenas fruto de sua imaginação.

Entusiasmada com a visita dos netos, a avó de Thiago fica bastante triste por ele estar muito fechado com ela. Achando que a causa do problema foi a bronca que ela deu quando viu o neto “tentando” descobrir o que tem no quarto que era do seu marido.

Mesmo concluindo que tudo aquilo que ele viu na infância era pura ilusão, lá no fundo do seu coração, Thiago ainda acredita que era real. E depois de perceber que aquela criatura que o marcou na infância está atrás de seu irmão mais novo, ele fica totalmente determinado a por um ponto final em tudo isso.

Enquanto lia esse livro eu me lembrava de várias coisas malucas que aconteceram comigo quando eu era mais novo. Mesmo sendo uma história pesada, ela me trouxe a nostalgia de algumas experiências da minha infância e o que me deixou maravilhado com essa história, é que ela trata de pessoas, de mágoas do passado e, certamente, de erros que cometemos e são irreparáveis.

O livro tem apenas 144 páginas e conta com um trabalho gráfico primoroso da Faro editorial. Eu, particularmente, gosto bastante do fato de que as páginas que remetem à infância de Thiago são alaranjadas.

Por fim, posso dizer que o final do livro vai ser um soco no seu estômago. A história termina tão chocante, que eu queria saber o desenrolar de toda aquela situação. Me deixou completamente chocado.

A casa dos Pesadelos foi uma experiência incrível pra mim e como um grande fã de terror/horror eu posso afirmar que esse gênero na literatura brasileira está em boas mãos.

Fiquem de olho nos trabalhos do Marcos DeBrito!

SHARE
Igor Matheus
Futuro publicitário e mineiro de Belo Horizonte. Sou maluco por filmes, séries e literatura.