Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente – Agatha Christie

“Assassinato no Expresso do Oriente” foi uma obra muito importante na carreira da consagrada escritora, Agatha Christie, que fez desse um de seus maiores sucessos da época. Quando publicado pela primeira vez, em 1934, o livro vendeu nada menos do que 3 milhões de cópias. Agora, em 2017, a obra foi adaptada novamente aos cinemas, em um longa estrelado por grandes nomes da indústria, como Kenneth Branagh, Johnny Depp, Daisy Ridley, Michelle Pfeiffer, Judi Dench, Penélope Cruz, Josh Gad e Willem Dafoe.

Na história acompanhamos o detetive Hercule Poirot que embarca em um trem, sem a menor intenção de trabalhar, querendo apenas descansar após ter investigado diversos casos nos dias anteriores, mas apesar de tudo, acaba surpreendido com mais um crime ao seu redor.

No Expresso do Oriente encontramos passageiros distintos, com históricos de vida diferentes, e que, aparentemente, não possuem nenhuma conexão com a vítima assassinada durante uma das noites. Diante dessa circunstância improvável, Poirot acaba assumindo o caso para amenizar as polêmicas que seriam geradas quando o trem chegasse ao seu destino e se deparasse com a policia local.

Agatha Christie sabe envolver o leitor em suas poucas páginas de história, por diversos momentos, nós realmente nos sentimos no lugar do detetive, tendo que fazer ligações e tentar destrinchar o caso para chegar no tão famigerado culpado. Ao longo da narrativa, cada um dos envolvidos apresenta razões extremamente convincentes para terem cometido o crime, de forma que não conseguimos ter certeza de nada até o desfecho.

A autora consegue detalhar minunciosamente cada uma das questões importantes para o desenrolar do mistério, fazendo com que a leitura seja divertida e exija uma grande atenção por parte do leitor, o que por consequência, faz com que a leitura calma e bem apreciada seja a melhor opção.

Para os leitores mais fervorosos que gostam de buscar referências, a inspiração no caso real de Charles Lindbergh torna-se um deleite à parte. Por fim, o desfecho da história faz com que todas as pontas soltas se conectem em um final marcante e extremamente surpreendente.

“Assassinato no Expresso do Oriente” é uma obra marcante do gênero de suspense e merece ser lida por todos que apreciam histórias policiais. É um livro que funciona para introduzir o leitor no universo de Agatha Christie e deverá agradar a maioria do público, inclusive aos que já assistiram o novo filme e estão curiosos pela história original.


Ficha Técnica 

Livro: Assassinato no expresso do Oriente
Edição: 2017
Autora: Agatha Christie
Editora: Harpercollins
Gênero: Romance Policial
Número de páginas: 200


 

REVIEW OVERVIEW
Nota
SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.