[Resenha] Corrente Sanguínea | Tess Gerritsen

Corrente sanguinea - Tess

Título: Corrente Sanguínea
Autora: Tess Gerritsen
Editora: Record
Ano: 2014 (2ª ed)
415 páginas

Corrente Sanguínea volta sua história em torno de Claire e a cidade de Tranquility, Claire é médica e acaba de chegar à cidade na companhia de seu filho adolescente Noah, os dois viveram uma experiência terrível no passado e encontram na pacata Tranquility uma nova chance de recomeçar, o problema é que essa cidade não é tão calma quanto o nome sugere.

Claire tem dificuldades de conseguir a confiança das pessoas da cidade e o ambiente hostil de abrupta violência não ajuda nesse processo. Tranquility é acometida crimes de violência envolvendo adolescentes que são aparentemente inexplicáveis e com a ajuda de um policial, um cientista e uma arqueóloga, Claire tentará descobrir o porquê dos jovens estarem se comportando dessa forma.

Tess Gerritsen sabe deixar o leitor ansioso, apreensivo e surpreso, o primeiro surto de violência veio sem anúncio de modo que fiquei me perguntando se estava prestando atenção mesmo e se perdi algum detalhe, a linguagem do livro passeia entre o coloquial e alguns termos médicos o que poderia ser cansativo para quem não entende do assunto, mas acredito que esses detalhes dão credibilidade ao enredo e à personagem.

Não há nada de exatamente especial em Claire, ela é apenas uma mãe tentando reconstruir sua vida restabelecer proximidade afetiva com o filho, o conflito criado entre os dois é muito bem estabelecido fazendo com que o leitor simpatize com suas inseguranças e torça para que eles se resolvam. Noah se interessa por uma garota da escola chamada Amelia que também enfrenta seus conflitos com o padrasto abusivo, aliás, a construção de personagens talvez seja o ponto mais alto aqui, cada um tem algo a oferecer, todos tem um conflito igualmente interessante de ser acompanhado, o que torna a leitura agradável.

O livro ainda deixa o leitor refletir a respeito do bullying, fenômeno muito presente entre os jovens, e as consequências que esse tipo pode acarretar a todos os envolvidos, o que lhe dá um caráter jovem e adulto ao mesmo tempo visto que sua narrativa passeia pelos dois interesses.

“Corrente Sanguínea” é um excelente suspense recheado de personagens complexos, a autora acerta em esperar o máximo possível para começar a afunilar as possibilidades em relação ao caso que todos tentam solucionar de modo que o leitor fica indagando se se trata de algo médico, algo sobrenatural, bruxaria… E esse questionamento paira em nossos pensamentos por um bom tempo. O único ponto negativo que ressalvo nessa leitura foi o final apressado, tudo estava indo perfeitamente bem até os últimos dois capítulos que poderiam estar melhor explanados em cinco e entregariam assim um desfecho mais convincente, entretanto nada que prejudique a experiência maravilhosa que tive acompanhando as histórias dessas pessoas.

//

REVIEW OVERVIEW
Nota
SHARE
Estudante de psicologia, cinéfila entusiasta, seriadora e leitora. Dona da página "Curiosos por Filmes" no Facebook. Séries favoritas: Criminal Minds, Chuck, Friends e One Tree Hill. Os filmes favoritos são mais difíceis de escolher...