[Resenha] Deixada Para Trás | Charlie Donlea

Deixada para Trás
Autor: Charlie Donlea
Ano de Lançamento: 2017
Nº de páginas: 368
Editora: Faro Editorial

Sinopse

Duas colegas são raptadas. Megan foge e, um ano depois, escreve um livro que se torna um sucesso. Um detalhe inconveniente: Nicole continua desaparecida. Nicole e Megan são alunas do último ano da high school de Emerson Bay, uma cidadezinha na Carolina do Norte. Certa noite de verão, elas desaparecem de uma festa à beira do lago. A polícia realiza uma busca intensa, mas não encontra nenhuma pista. Quando já haviam perdido as esperanças de encontrá-las com vida, Megan aparece, milagrosamente, ao conseguir escapar do cativeiro escondido nas profundezas da mata. Um ano depois, Megan lança um livro contando o seu martírio naquelas duas semanas, e, imediatamente, ele se torna um best-seller e a converte de uma heroína local em celebridade nacional.

                                               Resenha

Duas adolescentes com personalidades completamente diferentes são sequestradas e somente uma consegue escapar do cativeiro. Agora o mistério ronda em cima da outra garota que desapareceu, pois a verdade sobre o sequestro está escondida em algum lugar!

Megan McDonald e Nicole Cutty são estudantes bem distintas, uma é a certinha e a outra é a vulgar. Teve uma certa época onde as duas já fora amigas, mas agora a Nicole vive irritando a Megan. Como é típico de adolescentes americanos, foi combinado uma festinha à beira de um lago durante a noite. E nessa festa, as duas adolescentes são sequestradas!

A população da cidade se mobilizou diante do desaparecimento das jovens, só que a esperança foi se acabando com o tempo, e um bom tempo depois Megan consegue escapar do cativeiro de um modo bastante suspeito. Após um ano, a jovem lança um livro chamado Desaparecidas, que fala sobre o que aconteceu durante todo o sequestro, e ao passar do tempo o livro se tornou um best-seller! Tornando Megan em uma grande celebridade.

O problema é que todas as pessoas estão interessadas somente na Megan, elas não fazem a menor questão de saber sobre a Nicole. Pois, para a mídia o que importa é a sobrevivente. Ao meio desse sucesso Megan conhece Lívia, irmã de Nicole, que trabalha na área de patologia forense.

Lívia sente uma dor tremenda em relação a Nicole, pois ela saiu de casa muito cedo para focar na sua carreira e acabou deixando de lado as pessoas que são importantes para a vida dela. Isso tem relação com aquela frase, ”Só damos a real  importância quando perdemos algo”.

Lívia ainda tem esperança que um dia possa ver sua irmã, mesmo sendo ela morta. Porque ela quer saber o que de fato aconteceu, pois toda essa situação em relação a Nicole é um grande mistério. Um certo dia, a sua busca pela verdade sobre o sequestro de sua irmã tem uma grande reviravolta. Um corpo de um jovem na qual ela estava analisando, tem uma grande ligação com a sua irmã. Agora com essa pista, Lívia se junta com a Megan para descobrir o que de fato aconteceu naquele dia.

Tenho que admitir que lutei bastante para terminar de ler esse livro, não por ele ser ruim. Mas sim pelo fato de não estar no time para ler uma obra como essa. No meio dessa imensidão de problemas como TCC e procura de jobs, uma obra densa como essa. Não me caiu bem, mas o livro é bom! Muito bom mesmo!

O livro é narrado na terceira pessoa, onde nos mostra a história no ponto de vista de Megan, Lívia e Nicole. Fora que o livro intercala entre o passado e o presente, que é algo que eu adoro. Como uma boa história de suspense, o livro é repleto de reviravoltas que deixara você sem fôlego!! Recomendo fortemente a leitura dessa obra. 🙂 Ahhh… não posso esquecer do excelente trabalho editorial da Faro, que pra mim é bem superior em relação a outras editoras que estão no mercado.

 

SHARE
Igor Matheus
Futuro publicitário e mineiro de Belo Horizonte. Sou maluco por filmes, séries e literatura.