[Resenha] Desventuras em Série: A Sala dos Répteis – Vol. 2

Título: Desventuras em Série: A Sala dos Répteis

Autor: Lemony Snicket

Editora: Companhia das Letras

Número de páginas: 177

Gênero: Literatura Infanto-Juvenil

a-sala-dos-repteis-lemony-snicket-14497-MLB3683989234_012013-F

Se você já iniciou a leitura da coleção Desventuras em Série, sabe que não vai encontrar uma história feliz, isso porque depois da morte dos pais de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire, os órfãos precisam de um novo tutor e acabam indo parar nas garras do terrível Conde Olaf, que os faz trabalhar e só está interessado na herança deles, capaz de montar até um teatro para que Violet se casasse com ele.

Como você já tem um noção da incrível falta de sorte dos irmãos Baudelaire, sabe que até acontecimentos felizes, que são poucos e raros na vida deles, acabam sempre em sofrimento e desgraça. Nesse segundo livro, um dos meus favoritos da coleção, o Sr. Poe leva os Baudelaire a um novo tutor o tio Monty, uma das melhores pessoas que os órfãos vão encontrar em toda a série.

Violet, Klaus e Sunny vão viver momentos incríveis na companhia do herpetologista, isso mesmo ele é um especialista em cobras, vão aprender um pouco mais sobre sua família e até mesmo planejar uma viagem ao Peru. Montgomery irá se encantar pelos talentos de cada um, Violet e seu dom de inventar, Klaus e seu gosto pela leitura e Sunny e sua vontade de morder. Mas como no caso dos Baudelaire tudo que é bom dura pouco, a chegada de um novo assistente para o tio Monty, Stephano um disfarce do Conde Olaf para se aproximar das crianças, vai estragar o momento de calmaria dos órfãos. As coisas ficaram muito difíceis com o Conde Olaf por perto, afinal ele esta disposto a tudo, tudo mesmo, inclusive assasinar o novo tutor dos órfãos para colocar a mão na herança.

02-the_reptile_room

Mas como afirma Lemony Snicket “nada impede que você coloque esse livro de volta na estante e procure algo mais leve.” Esse segundo volume tem um dos inícios mais alegres de todos os livros de Desventuras em Serie, mas te alerto que o final é um dos mais tristes e que talvez depois de ler esse livro você desista dessa coleção. Fique tranquilo, ninguém irá te considerar um covarde, já é um grande desafio chegar ao segundo volume.

Para quem não se lembra esse e um dos três livros utilizados na produção cinematográfica da série, a passagem desse trecho no filme é rápida mas muito parecida com a história original.

SHARE
Juliana Schmidt
Sou do tipo que chora em filmes, séries e livros, por isso mesmo me considero uma apaixonada. Reparo em coisas que pouca gente presta atenção como figurinos, cenários e trilhas sonoras.