[Resenha] Desventuras em Série: Mau Começo – Vol.1

Título: Desventuras em Série: Mau Começo

Autor: Lemony Snicket

Editora: Companhia das Letras

Número de páginas: 152

Gênero: Literatura Infanto-Juvenil

 

Resenha-Desventuras-em-Série-Mau-Começo-Livro-1-Capa-Livro

Se você pretende iniciar a leitura da coleção Desventuras em Série sugiro que conheça pelo menos um pouco sobre Lemony Snicket, o autor que mais do que um autor é um personagem, e que na verdade se trata de um pseudônimo do escritor Daniel Handler. Um pouco confuso não? Você ainda não viu nada.

O fato é que o próprio Lemony começa o livro com um alerta “Se vocês se interessam por histórias com final feliz, é melhor ler algum outro livro”, por isso já aviso: não imagine que isso de algum jeito possa ser mentira e que o final de algum modo possa ser diferente ou mesmo feliz. Se você já assistiu o filme Desventuras em Série de 2005 dirigido por Brad Siberling já tem alguma ideia do que o espera, mas saiba que o primeiro filme reúne a história dos três primeiros livros da série e que, por isso, cada uma delas foi bem resumida e que os livros guardam ainda mais desventuras para os órfãos.

Baudelaires_na_mansão

Se nada disso te assustou, meus parabéns, você está apto a ler essa série. O primeiro livro Mau Começo tem na morte dos pais Baudelaire seu início, deixando órfãos Violet, a jovem de quatorze anos que adora inventar, Klaus, o filho do meio que adora ler e Sunny, a bebê super curiosa de dentes afiados. A partir daí as crianças se veem sob os cuidados do Sr. Poe, amigo dos seus pais que trabalha no banco, ele tem o objetivo de encontrar um parente que possa ser o novo tutor das crianças, assim encontra o mal intencionado Conde Olaf, que só está interessado na herança que as crianças vão receber e, por isso, trata os três como escravos, eles terão de realizar inúmeras tarefas como cozinhar e limpar a casa, além disso Olaf vai planejar pérfidos planos para colocar a mão no dinheiro dos Baudelaire antes do tempo.

seriededesgrac3a7as

Alguns vão considerar a leitura um pouco infantil já que o livro é pequeno e de fácil leitura, mas considero a história incrivelmente interessante e única, a forma como ela é narrada, com um narrador que participa da história em alguns momentos, e o próprio fato de não ter um final feliz é um diferencial. Já estamos tão acostumados ao “felizes para sempre” que durante toda a leitura esperamos por isso, mas acho muito mais rico entendermos que nem sempre as coisas dão certo, por melhores que possamos ser, a vida é assim. O que há de mais precioso nessa série é que apesar de todas as dificuldades, os irmãos continuam juntos e o amor que sentem uns pelos outros não muda nem por um segundo.

Digamos que mesmo depois de ler minha resenha você decida iniciar a leitura de Mau Começo, lembre-se: “Não há nada que o impeça de fechar o livro imediatamente e sair para uma outra leitura sobre coisas felizes, se é isso que você prefere” aviso do próprio Lemony Snicket.

Para quem não sabe a Netflix está produzindo uma série baseadas nos livros de Desventuras em Série, que deve estrear em 2016 e promete trazer muito mais detalhes dos livros, do que o filme anteriormente lançado, e ter uma participação de Daniel Handler, o autor.

 

SHARE
Juliana Schmidt
Sou do tipo que chora em filmes, séries e livros, por isso mesmo me considero uma apaixonada. Reparo em coisas que pouca gente presta atenção como figurinos, cenários e trilhas sonoras.