[Resenha] A Morte do Capitão América | Larry Hama

gfooooooooooooooooooobnTítulo: A Morte do Capitão América
Autor: Larry Hama
Editora: Novo Século
Ano: 2016
Páginas: 352

”A sirene da ambulância está se aproximando. Um dos agentes tira a camisa e tenta deter o sangramento. Steve se esforça pra dizer algo. Eu peço que se acalme, não se esforce, economize energia. Então entendo que ele está pedindo que tiremos a multidão da linha de fogo. Ele está sangrando na escadaria de um tribunal, e está preocupado com os outros.

Eu estou segurando a mão de Steve, e não tenho a menor intenção de soltá-la.

Mais um lançamento da editora Novo Século em relação a adaptações de alguns quadrinhos da Marvel, e dessa vez foi lançado a obra A Morte do Capitão América adaptado pelo escritor Larry Hama.

O livro é nada mais que as consequências da saga Guerra Civil, e se não me engano, quando é anunciado uma grande saga Anjonjnjnjopara os quadrinhos pode se dizer que é divido em 3 etapas, a preparação do universo com histórias que irão levar a essa nova saga, a saga em si, e as coisas que acontecem após o evento. E ‘A morte do Capitão América’ se enquadra nessa última parte.

Após a bagunça que o Tratado de Sokovia causou, o caveira vermelha vê uma ótima oportunidade em alcançar os seus objetivos, e uma delas é acabar com a vida do Capitão América, pois ele está bastante vulnerável por causa da sua escolha a se opor ao governo. E também o caveira quer controlar o soldado invernal, que além de ser um grande amigo do Steve, o ”agente” é uma máquina de matar.

Na maior parte do livro vemos a visão da agente 13 em cima de alguns acontecimentos, pra quem já é familiarizado com a história e até mesmo quem viu o filme Guerra Civil, pode perceber que tem um ”lance” entre ela e o capitão. E após a morte dele, a agente começa a se culpar bastante pelo ocorrido. As pessoas que são aliadas do capitão desconfiam que é culpa do Stark, mas no momento da tragédia o vilão ossos cruzados estava no local e ele foi preso como suspeito do crime.

13650452_1297426946941596_1484764184_nTambém vemos o drama da agente 13 que teve sua mente manipulada pelo Doutor Faustus. E a agente sente tanta culpa pelo que ela fez quando estava sendo manipulada, que acaba tentando o suicídio, mas não consegue. E aí fica o mistério, o que ela chegou a fazer? Quem foi o real assassino do capitão? O caveira vermelha vai conseguir o que quer?

São tantas coisas que acontecem que prefiro não falar mais detalhes sobre a história pra não estragar a leitura. Esse foi o primeiro livro da série Marvel que eu li e adorei! E é claro que irei adquirir os outros livros quando eu tiver um dinheirinho. hahahaha…  Não é para puxar o saco, mas a novo século manda muito bem nessas edições.  O capricho no livro chega a ser monstruoso. Uma coisa bem legal do livro tirando as ilustrações é a divisão das cenas! Por exemplo: o caveira vermelha conversando com a sua filha em seu esconderijo, quando acaba essa parte começa uma outra (parecendo como um término de capítulo para começar o outro) com algum outro personagem em algum lugar. Tem cenas que chega a durar duas páginas e outras duram 5, vai depender do que está acontecendo. Comparado com os quadrinhos a gente só percebe que trocou de cena por causa das ilustrações. E no livro além da discrição, tem os capítulos para separar. 🙂

A Morte do Capitão América é um livro viciante, onde me deixou bastante fissurados pela história e acabei lendo o livro em pouquíssimos dias!  Vista seu uniforme de super-herói e vá conferir essa obra que é essencial pra quem leu Guerra Civil e também pra quem tem a curiosidade de ler um romance baseado em quadrinhos.

SHARE
Igor Matheus
Futuro publicitário e mineiro de Belo Horizonte. Sou maluco por filmes,séries,literatura e um grande apaixonado por música. Sou uma das cabeças pensantes do Cine Mundo!!! ^^