Resenha: O Casamento – Victor Bonini

Assim que a literatura tornou-se parte indispensável da indústria cultural, o gênero suspense, ou a sua vertente mais popular, o suspense policial, passou a ser um dos seguimentos mais apreciados pelo grande público. No entanto, o que foi ovacionado em tempos de Agatha Christie, hoje já foi demasiadamente explorado por outros autores e a cada ano surgem novas e novas obras carregadas de referências e narrativas que promovem uma incessante sensação de déjà vu. No caso de “O Casamento”, escrito por Victor Bonini, se destaca e torna-se uma grata surpresa em meio a tantas repetições.

Na história, Diana e Plínio formam um casal improvável e não possuem a aprovação de suas respectivas famílias, no entanto, os dois já tomaram uma decisão e estão prontos para o dia mais importante de suas vidas, o casamento. Diante desse grande evento, que acontecerá em uma cidade do interior ao longo de 5 dias, o detetive, Conrado Bardelli, percebe que esse será o momento perfeito para ajudar o seu amigo com um caso de extorsão. No ápice da investigação, no grande dia da cerimônia, gritos e sangue, tomam conta do local. Em meio ao caos, Conrado deverá encontrar o criminoso antes que mais pessoas se machuquem.

O livro, antes mesmo de aprofundar sua história, já cativa o leitor por sua escrita e pela construção minucioso de cada diálogo. Ainda que a trama não fosse um exemplo de autenticidade – o que não é o caso – esses elementos, por si só, já conseguem fisgar a atenção dos mais criteriosos, ao menos em suas primeiras páginas.

Atraídos inicialmente pelos bons diálogos, não demora para compreendermos melhor cada um dos personagens envolvidos, e principalmente, Conrado Bardelli, o protagonista e detetive que investiga o crime em questão. Na história batemos de frente com a descrição do que seria o fim de um casamento marcado por um acontecimento macabro, não sabemos o que aconteceu, mas ficamos ansiosos pela solução futura. Assim como é feito no romance de Liane Moriarty, “Big Little Lies”, nós sabemos do crime, mas tanto a(s) vítimas, como o assassino, seguem sendo um mistério.

Victor Bonini sabe desenvolver muito bem seu personagem principal e isso torna-se indispensável com o avanço dos acontecimentos, afinal é através dele que nós conhecemos o restante dos envolvidos no famigerado casamento.

Por fim, como em um bom suspense, o autor sabe conduzir e manipular todas as pistas e suspeitos, deixando o leitor envolvido no mistério e com uma sede insaciável pela resolução. Basicamente, em determinado momento da história, é quase impossível se desprender do livro, pois mesmo enquanto não estamos lendo, ficamos imersos na trama e teorizando acerca dos possíveis culpados.

“O Casamento” traz personagens desenvolvidos e intrigantes em um suspense envolvente, cativante e muito bem orquestrado. Para quem ama suspense policial, e aprecia todo o processo investigativo característicos desse gênero, provavelmente ficará apaixonado por essa obra nacional.


Ficha Técnica 

Livro: O Casamento
Edição: 2017
Autor: Victor Bonini
Editora: Faro Editorial
Gênero: Suspense
Número de páginas: 368


 

REVIEW OVERVIEW
Nota
SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.