[Resenha] Rio – Zona de Guerra,Avec Editora

rio-zona-de-guerra-413x620

Titulo: Rio – Zona de Guerra

Autor: Léo Lopes

Editora: Avec Editora

Número de páginas: 208

Mais um livro em parceria com a Editora Avec! Pra ser bem sincero quando olhei o título do livro já fiquei meio desanimado por se tratar de um universo ”Cyberpunk”!! Não tem muitos livros com a mesma temática que me agradaram,mas Rio – Zona de Guerra me surpreendeu em várias coisas!!

O Autor Léo Lopes nos apresenta o Rio de Janeiro em um futuro caótico,onde a sociedade é divida em uma fronteira(me lembra bastante o muro de Berlim 😛 ) onde pobres e ”bandidos” estão em um lado e os ricos ficam no outro(De um lado a Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeiras dominados pelo luxo, glamour e o resto do RJ é o caos chamado de: Zona de Guerra). Tudo é protegido por polícias corporativas,pelo fato que o Estado não conseguiu manter a segurança e ordem.

O protagonista é o detetive Carlos Freitas,que mora na Zona de Guerra! Mas acontece um assassinato na Barra da Tijuca onde ele é contratado pela prostituta Vivian Ballesta para saber o que aconteceu de fato,mas Freitas não sabe que isso mudará totalmente sua vida!

– Se não fosse a Fronteira – Freitas interrompeu, alterando um pouco o tom de voz -, essas pessoas não estariam entregues à própria sorte, sem a menor infraestrutura e condições de vida. O que esses corporativos filhos da puta achavam que ia acontecer? Que o crime ia diminuir do outro lado? Não faz sentido, Rocha. Nunca fez.

O desenvolvimento do livro deixa um ”pouquinho” a desejar em relação ao desenvolvimento,são pequenos pontos,como por exemplo,aprofundar mais no surgimento da Zona de Guerra e o que acontece em sua volta! A partir do momento em que o leitor põe totalmente a cabeça na história, o desenvolvimento do enredo desenrola muito bem e se torna algo prazeroso. O clima que o autor da para a ambientação é fenomenal!!! Tem aquele clima futurístico de opressão e desesperança.

A linguagem da obra é de fácil entendimento e os diálogos são bem simples, a obra também tem uma linguagem pesada e por algumas vezes sensual, mas que abrem a cabeça do leitor demonstrando a anarquia que está acontecendo.

Rio – Zona de Guerra se destaca em relação a  conflitos sociais, a economia e as diferenças entre extremos da sociedade! Ao terminar de ler o livro fica aquele gostinho de quero mais! A editora não anunciou uma continuação,mas quem sabe?!

REVIEW OVERVIEW
Nota
SHARE
Igor Matheus

Futuro publicitário e mineirinho de Belo Horizonte. Sou maluco por filmes,séries,literatura e um grande apaixonado por música. Sou uma das cabeças pensantes do Cine Mundo!!! ^^