[Review] Revenge 4×02 “Disclosure”

“Sou sua irmã Charlott, sou Amanda” – Emily thorne

 

Com um segundo episódio mais focado no desenvolvimento individual de cada personagem, Revenge matem sua qualidade.

 

vlcsnap-2014-10-11-16h52m01s227

 

O segundo episódio começa com o mistério por trás das intenções de David Clarke, que ainda assim não são claramente reveladas, o que ouvimos da boca dele é que durante os 10 anos da sua suposta morte ele ficou escondido de Conrad, e em uma tentativa de proteger sua filha (Charlott) ele o assassinou, com a sua ficha limpa ele pode voltar a caminhar pelas ruas e quer reatar seu relacionamento com Victoria. A questão é que cara é injustiçado e incriminado por terrorismo e ainda quer voltar com a mulher que ajudou a destruir sua vida? tudo assim do nada? tenho quase certeza de que ele esta jogando com a Victoria para fins maiores, e a coitada ainda pensa estar no controle rsrs.

 

vlcsnap-2014-10-11-16h20m40s125

 

Eu detesto a ideia de Margaux e Daniel juntos, mas é a combinação que está acontecendo, durante o episódio percebemos como Margaux esta mais inteligente e madura, finalmente assumindo sua postura de líder e sem perder um pouco da malicia que deve ter sido passada por seu pai, junto de Daniel que esta cada vez mais frio e mais parecido com seu pai Conrad, eles tentam e conseguem se livrar de Gideon e provavelmente Daniel voltará a trabalhar com Margaux, o que para mim é muito triste já que eu estou esperando ver o personagem sofrer muito e parece que ainda não será agora, por outro lado o desenvolvimento do personagem esta excelente, finalmente ele deixou de ser aquela “mosca morta” e assumiu uma postura firme e fria, exatamente como seu pai era.

 

vlcsnap-2014-10-11-16h22m43s81

 

O destaque do episódio foi para Charlott, a personagem mais chata da série finalmente descobriu a verdade sobre sua irmã, Emily abriu o jogo, afinal por conta própria ela jamais descobriria qualquer coisa. Novamente a patricinha mimada toma um soco no estomago ao pegar seu suposto namorado na cama com outra moça, como de costume ela foi chorar pelos cantos e no colo de Daniel que acabou não dando atenção, por fim ela se drogou e tentou cometer suicídio, infelizmente não nos livramos dela ainda, mas pelo menos os roteiristas estão tentando dar uma apimentada na personagem, enquanto todos esperavam uma reação melosa de perdão entre ela e Emily o desfecho foi totalmente contrario, fiquei surpreso com a atitude da garota que mostrou que na mistura do sangue Grayson com Clarke o sentimento de vingança não faltou na genética, contudo eu ainda continuo detestando a garota, que esta sempre servindo como pedra no caminho das pessoas, mesmo para as pessoas que já a ajudaram como o Jack.

Jack e Ben foram os únicos que não receberam tanta atenção no episódio, Jack vem se mostrando um forte amigo de Emily enquanto Ben esta cada vez mais atraído pela Sr. Thorne, até então não acho viável essa possível união, sinto saudades do casal Aiden e Emily, suas motivações de vingança se completavam e a química entre eles era maravilhosa.

Como já dito anteriormente, “Disclosure” foi um episódio com ritmo lento e tranquilo que focou no desenvolvimento de cada personagem e suas motivações nessa nova fase da série, espero que consigam conectar todos ao núcleo principal e não aconteça como nas temporadas anteriores, em que alguns serviam apenas para serem usados por terceiros e depois eram jogados para o lado.

SHARE
Guilherme Soares
Criador e editor da Cine Mundo, diretor, roteirista e crítico de cinema. Viciado em séries, com um carinho especial pela eterna Six Feet Under e Buffy The Vampire Slayer.