Série de documentários do Curta! explora o álbum de estreia de “The Doors”

A lendária banda de rock psicodélico The Doors, eternizada pela voz de barítono e pela performance artística do cantor Jim Morrison, é tema de episódio da série Álbuns Clássicos, exibida no Brasil pelo canal Curta!.

O disco de estreia do grupo, também intitulado The Doors, foi lançado em 1967, incluindo canções que ultrapassaram seu tempo e até hoje são sucesso, como Light my fire e o épico de onze minutos The End, em um contexto de rebeldia e de abuso de álcool e de drogas, Jim Morrison se consolidava como superstar símbolo de contestação, tanto em sua poética como em suas atitudes, sendo um dos precursores do lifestyle associado ao rock ‘n roll.

Sob direção de Bob Smeaton, o episódio conta com depoimentos dos próprios ex-integrantes do The DoorsRay Manzarek, Robby Krieger e John Densmore —, além de imagens de arquivo que ajudam a contar a história da formação da banda e da gravação de cada faixa desse primeiro álbum. O episódio vai ao ar na Segunda da Música, 23/09, às 23h.

As brincadeiras infantis e o lúdico na vida adulta são temas do documentário Tarja Branca
A importância da brincadeira na infância pode ir além do que imaginamos — e o documentário Tarja Branca, produzido pela Maria Farinha Filmes, intenciona mostrar a relevância do lúdico.

Com direção de Cacau Rhoden, o filme analisa o ato de brincar como parte da nossa formação social, intelectual e afetiva; e propõe uma reflexão sobre o papel ocupado por essa subjetividade “brincante” na vida adulta. Tarja Branca fala também sobre um sistema que nos afasta progressivamente dessa ludicidade conforme os anos passam e a infância vai ficando para trás. A exibição é na Sexta da Sociedade, 27/09, às 22h30.

Segunda da Música – 23/09

23h – Álbuns Clássicos (Série) – Episódio The Doors – The Doors
O álbum de estreia do The Doors garante à banda um lugar na história do rock and roll. Diretor: Bob Smeaton. Duração: 50min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 24 de setembro, terça-feira, às 03h e às 17h; 25 de setembro, quarta-feira, às 11h; 29 de setembro, quinta-feira, às 16h45.

Terça das Artes – 24/09

22h – Onde Nascem as Ideias (Série) – Episódio Lia Rodrigues
O episódio acompanha o processo de criação do espetáculo Para Que O Céu Não Caia, da coreógrafa Lia Rodrigues, inspirado no livro do xamã yanomami Davi Kopenawa e do antropólogo francês Bruce Albert. Diretora: Carolina Sá. Duração: 43min. Classificação: 16 anos. Horários alternativos: 25 de setembro, domingo, às 02h e às 16h; 26 de setembro, segunda-feira, às 10h; 28 de setembro, quarta-feira, às 20h45; 29 de setembro, quinta-feira, às 11h15.

Quarta de Cinema – 25/09

20h – A faixa “A Vida é Curta!” traz os curtas-metragens “A Mão que Afaga” e “Estátua!”.

A Mão que Afaga (Documentário)
No aniversário de 9 anos de seu único filho, uma operadora de telemarketing planeja uma festa que tem poucas chances de dar certo. Diretora: Gabriela Amaral Almeida. Duração: 19 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 26 de setembro, quinta-feira, às 00h e às 14h; 27 de setembro, sexta-feira, às 08h; 28 de setembro, sábado, às 15h; 29 de setembro, domingo, às 01h.

Estátua! (Documentário)
A babá Isabel está no sexto mês de gestação e não pode esperar para ser mãe. Até conhecer Joana. Diretora: Gabriela Amaral Almeida. Duração: 25min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos: 26 de setembro, quinta-feira, às 00h25 e às 14h25; 27 de setembro, sexta-feira, às 08h25; 28 de setembro, sábado, às 15h25; 29 de setembro, domingo, às 01h25.

22h35 – Ingmar Bergman – Por trás da máscara (Documentário)
O documentário celebra a carreira do grande mestre do cinema autoral, o sueco Ingmar Bergman, revisitando um ano peculiar de sua vida: o da produção da obra-prima “Persona”. Diretora: Manuelle Blanc. Duração: 52min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 26 de setembro, quinta-feira, às 02h35 e às 16h35; 27 de setembro, sexta-feira, às 10h35; 28 de setembro, sábado, às 14h; 29 de setembro, domingo, às 23h.

Quinta do Pensamento – 26/09

22h30 – Frágil Equilíbrio (Documentário)
Apresentado e comentado por José Mujica, ex-presidente do Uruguai, este documentário mostra três histórias, em diferentes continentes, que exemplificam dilemas do mundo capitalista contemporâneo: dois executivos japoneses que vivem para trabalhar, uma comunidade subsaariana que luta para chegar no Primeiro Mundo e famílias espanholas que enfrentam a crise econômica. Diretor: Guillermo García López. Duração: 81min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 27 de setembro, sexta-feira, às 02h30 e às 16h30; 30 de setembro, sábado, às 10h30.

Sexta da Sociedade – 27/09

22h30 – Tarja Branca (Documentário)
Tarja Branca é um manifesto pela importância de continuar sustentando um espírito lúdico, que surge em nossa infância e que mecanismos sociais nos impelem a abandonar em nossa vida adulta. Diretor: Cacau Rhoden. Duração: 80min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 28 de setembro, sábado, às 02h30 e às 12h35; 29 de setembro, domingo, às 21h30; 30 de setembro, segunda-feira, às 16h30; 01 de outubro, terça-feira, às 10h30.

SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.