[Top 10] Os melhores filmes de terror de 2016

Este ano podemos dizer que deu uma melhorada significativa no gênero de terror e nós fãs deste gênero fomos premiados com bons títulos. Há muito tempo não se via um bom filme de zumbi como o coreano “Invasão Zumbi“. A presença de James Wan tem apresentado bons materiais, mas já imaginou o segundo filme ser melhor que o primeiro? Isso, também aconteceu neste ano, e pelo que parece 2017 deve seguir com o mesmo ritmo trazendo para as telonas “Jogos Mortais 8”, “Annabelle 2”, “Olhos Famintos 3”, “Chamados”, “A Freira”, entre outros.

Confira abaixo uma lista com os 10 melhores filmes de terror de 2016, queles que você não pode deixar de assistir:

 

10. Rua Cloverfield, 10

 

“Rua Cloverfield, 10” foi anunciado oficialmente apenas dois meses antes de sua estreia e foi uma surpresa para aos fãs do gênero, porém não tinha conexão com a história anterior, funcionando como se fosse um filme derivado trabalhando outros lados do mesmo universo, com uma história que gira em torno de um único cenário e somos contemplados por boas atuações, apesar de não ter um bom argumento, mas com uma protagonista forte e um vilão marcante e doentio que trouxe o retorno do ator John Goodman ao cinema em um bom papel, entretanto, o final do longa apesar de buscar fazer a ligação com o universo sci-fi e homenagear o filme anterior, não foi bem encaixado e destoa de todo o resto do filme estragando boa parte da experiência da produção.

 

 

 

9. Demônio de Neon

 

Demônio de Neon trata do mundo da moda, padrões de beleza, inveja, cobiça e com essas temáticas combinadas num roteiro organizado e uma direção de arte e fotografia impecável o produto se torna excelente. O longa foge completamente dos padrões e não deve ser um filme que vá agradar a todos os públicos, pois o diretor Nicolas Winding Refn costuma apresentar trabalhos bem peculiares.

 

 

 

8. Ouija 2: A Origem do Mal

 

Ouija 2 é dirigido por Mike Flanagan que traz um segundo filme com uma proposta muito melhor que o primeiro, tendo uma ambientação dos anos 60 e com a direção de arte e fotografia primorosa. O roteiro caminha bem até o meio do filme, mas dai em diante apresenta alguns problemas que se perpetuam até o ato final, ainda assim não perde o brilho de ser um bom filme de terror.

 

 

 

7. O Monstro

 

Se você gosta da atriz Zoe Kazan e deseja assistir algo completamente diferente do que ela já fez este filme é para você! Se você sente falta de ver boas histórias de monstros no cinema este filme também é para você! Se você gosta de um terror que tem drama familiar pode dar play! Ou se ainda você gosta de algo que consegue fugir de clichês no ato final, então te recomendo, com certeza.

 

 

 

6. A Autópsia de Jane Doe

 

Sabe aqueles filmes que você não espera nada e ele consegue te surpreender? É exatamente isso que aconteceu com “A Autópsia de Jane Doe” que te deixa receoso sem saber o que vai acontecer. Ademais, a sensação que terá durante uma hora e meia é de nervosismo além de ser um filme que tem uma resposta satisfatória.

 

 

 

5.  Quando as luzes se apagam

 

Baseado no curta “Lights Out”, o filme que leva o mesmo nome é dirigido por David F. Sandberg, que contou com o visionário diretor James Wan no projeto atuando como produtor. Quando as Luzes se Apagam se torna assustador se utilizando de um simples recurso; “o escuro”, tudo isso porque tem uma boa justificativa para que aconteça, as atuações dão conta do recado, além de possuir uma trama curiosa e bem explorada de tons psicológicos e uma direção inspirada de um diretor que parece ser muito promitente.

 

 

 

4. O Homem nas Trevas

 

Com  a premissa de roubar para ter uma vida melhor, três jovens decidem invadir a casa de um senhor que não dispõe de sua visão, parece que temos os jovens como vilões, e o pobre senhor como vítima, mas, e quando tudo isso se subverte? Se tornando um suspense frenético e bem elaborado a ponto de te deixar sem ar e inquieto esse foi o trabalho que Fede Alvarez apresentou em O Homem nas Trevas, mostrando sua força como discípulo de Sam Raimi e como um dos novos e mais promissores diretores de horror do mercado.

 

 

 

3. Invasão Zumbi

 

Fazia muito tempo que não assistia a um filme bom de zumbi por isso, eu não criei expectativas em torno de “Invasão Zumbi” dirigido pelo coreano Yeon Sang-ho que se mostrou um filme com uma boa história, personagens bem desenvolvidos que conflitam entre si diante de uma catástrofe onde uns desenvolvem o que tem de pior no ser humano e outros passam a enxergar o mundo de uma maneira melhor, e além disso o longa ainda dispõem de zumbis muito bem montados, drama familiar, ação, comédia, terror, e uma crítica social que fará o espectador refletir.

 

 

 

2. Invocação do Mal 2

 

James Wan é um dos diretores que tem acrescentado muito no gênero de terror. Quando em 2013, ele trouxe a primeira adaptação dos casos de Ed e Lorraine Warren foi considerado um dos melhores filmes de terror do ano e teve uma bilheteria que ultrapassou as expectativas, sendo que neste ano de 2016, resolveu lançar o segundo longa baseado em outro caso do casal Warren, ainda interpretados por Patrick Wilson e Vera Farmiga que tem uma química sublime e o resultado foi mais uma obra-prima.

 

 

 

1. A Bruxa

 

Foi o primeiro filme que assisti de terror este ano e está na minha cabeça até hoje então significa que é bom mesmo né? Quando as luzes se apagaram na sala de cinema e a película de “A Bruxa” começou a ser exibida eu fiquei anestesiada que não senti a hora passar, pois na primeira parte do filme é concedido um impulso psicológico em que ficamos intrigados com a floresta e a família e na segunda parte é instigante, assustadora e finaliza com uma solução inesperada que inclusive chegou a dividir opiniões, mas, sem dúvida foi um filme que trouxe uma boa história, fugiu de uma série de clichês e deixou o espectador bastante intrigado.