[Top 15] Os Melhores Filmes de 2016

O ano de 2016 trouxe os mais variados filmes, tivemos remakes, continuações, adaptações e obras originais em diversos gêneros, muitas foram um grande sucesso, outros nem tanto. Foi o ano que coreanos brilharam no terror, um novo tipo de herói surgiu, um drama de romance fez muitos se emocionarem e Tarantino nos entregou outro trabalho digno de sua filmografia entre tantas outras surpresas. Confiram abaixo os escolhidos entre os lançamentos desse ano:

 

1 – Os Oito Odiados

Em uma inusitada mistura de Django, Cães de Aluguel e livros da Agatha Christie, Tarantino amadurece ao ponto de criticar o período histórico americano e trabalhar questões sobre racismo e a guerra do Norte contra o Sul enquanto a trama aos poucos chega ao seu icônico clímax recheado de violência extrema e humor doentio.

 

 

 

2 – Animais Fantásticos e Onde Habitam

O novo capítulo do universo de Harry Potter se inicia em seu passado distante, onde veremos trabalhar o mundo dos bruxos americanos e questões mais adultas enquanto, apresenta novos personagens e conceitos enriquecendo o universo já famoso.

 

 

 

3 – Star Trek: Sem Fronteiras

No terceiro da nova trilogia idealizada por J.J. Abrams, nós encontramos Kirk e sua tripulação em mais uma aventura, dessa vez totalmente original e embarcando em um planeta desconhecido sem nada para contar além deles mesmo e suas habilidades, e é lá que vemos o novo diretor exercer o papel com maestria em uma aventura descompromissada recheada de referências à serie clássica, com muito destaque a personagens coadjuvantes, humor, ação e uma trama sci-fi digna da franquia.

 

 

 

4 – O Quarto de Jack

O filme que rendeu um Oscar para Brie Larson e elogios ao Jacob Tremblay fala sobre um garoto que viveu a vida inteira em cativeiro e narra a fuga dele e da mãe bem como o choque da criança ao descobrir o mundo real, uma obra sensível, pequena e original com uma direção de fotografia criativa, um roteiro bem montado, uma excelente direção de atores e muitas atuações inspiradas.

 

 

 

5 – Mogli: O Menino Lobo

A adaptação do filme clássico da Disney para live-action sobre o menino que foi criado por lobos e deve sobreviver aos perigos da floresta enquanto é guiado pela pantera Baguera e pelo urso Balu para a vila dos homens. Contando com a melhor tecnologia para dar vida aos animais, aventura e um certo subtexto adulto bem aproveitado e muitas referências temos aqui um dos melhores filmes Live-action da Disney dos últimos anos.

 

 

 

6 – Zootopia

“Zootopia” além de ter o posto de melhor animação do ano também mereceu alcançar esse lugar entre os melhores filmes do ano, com a sua bela narrativa e carisma é capaz de competir de igual para igual com os demais filmes dessa lista, uma obra a ser lembrada, é Disney fazendo história mais uma vez.

 

 

 

7 – Invasão Zumbi

Um pai embarca em um trem para levar sua filha de Seul para Busan no caminho ocorre um apocalipse zumbi e várias dessas criaturas invadem o trem, agora os tripulantes deverão sobreviver aos zumbis enquanto o trem continua seguindo seu destino. Com uma mistura inusitada de drama, ação, terror, comédia e aventura tempos aqui uma das melhores obras do gênero, onde conseguimos um dos filmes mais divertidos do ano que se empenha em não alterar drasticamente os zumbis e sim em explorar o desespero e o impacto deles na sociedade.

 

 

 

8 – Deadpool

“Deadpool” mais um filme que já esteve em outra lista de melhores do ano. Na história o ex-mercenário Wade Wilson se descobre com câncer e se submete à um experimento que irá curá-lo e dar a ele incríveis habilidades, no entanto, algo dá errado e desfigura seu corpo e agora ele irá embarcar em busca de vingança. Com uma história recheada de vingança, humor negro e violência, o filme fica com o posto pela ousadia e originalidade e por colocar Ryan Reynolds de volta ao mercado.

 

 

 

9 – Rogue One

No primeiro filme derivado do universo Star Wars conhecemos a história do grupo de desajustados que adquiriu os planos da Estrela da Morte e permitiu que a Aliança Rebelde tivesse uma chance contra o Império. A obra é um prato cheio para os fãs da trilogia clássica com muitas referências, conexões, e uma expansão e enriquecimento dos conflitos entre Aliança Rebelde e Império.

 

 

 

10 – Como Eu Era Antes de Você

A jovem, otimista e diferente Louisa “Lou” sai e entra de empregos buscando sustentar sua família, o que a leva de encontro à Will Traynor quando assume o cargo de cuidadora dele, onde um romance floresce. A adaptação do romance dramático para os cinemas é triste, engraçada e envolvente com um romance muito bem-feito e  atuações que rendem uma ótima química entre Emilia Clarke e Sam Clafin.

 

 

 

11 – O Lar das Crianças Peculiares

A história fala sobre Jake, que logo após a estranha morte de seu avô ele viaja com seu pai para o País de Gales à procura da Srta. Peregrine e se depara com uma mansão em ruínas onde existe uma misteriosa fenda temporal, na qual peregrine vive e protege diversas crianças com poderes especiais.

Com um elenco formidável, direção de arte, figurino e fotografia bem executadas, além de um tom de aventura e fantasia com toques de humor negro esse filme se consolida como uma boa produção para jovens e adultos e coloca Tim Burton de volta ao patamar de diretores bem sucedidos no mercado.

 

 

 

12 – Sete Homens e Um Destino

Na história do filme um grupo de habitantes de uma pequena cidade são atacados por um bando de pistoleiros. Após saques, mortes e muitos feridos, Emma Cullen resolve buscar ajuda ao pistoleiro Sam Chisolm que reúne um time de sete inusitados pistoleiros para dar um fim ao sofrimento dessas pessoas.

Apesar de alguns deslizes no roteiro, o filme se mantém com uma boa direção, um elenco cheio de química com destaque para Chris Pratt e Denzel Washington, muita ação e carisma, tornando esse um faroeste bem-humorado que consegue equilibrar o drama da guerra com personagens divertidos.

 

 

 

13 – Truque de Mestre 2

O grupo de mágicos que roubam ao estilo Robin Hood retornam nessa continuação para enfrentar a vingança de Arthur Tressler, saem Isla Fisher e Mélanie Laurent e entra Lizzy Kaplan dando muito mais humor e carisma e toda uma nova dinâmica no grupo, fora a formidável adição de Daniel Radcliffe como um vilão carismático. Com maior desenvolvimento de Mark Rufallo e Morgan Freeman em cena, além de Dave Franco proporcionando ótimos momentos e uma trama mais complexa.

 

 

 

14 – Ave, César

A nova comédia bizarra dos Irmãos Coen parece não fazer nenhum sentido do começo ao fim, e é essa a graça da história. Com uma trama ambientada nos anos 50 nós conhecemos a saga do assistente de estúdio Eddie Mannix para encontrar o grande astro do filme “Ave, César”, Baird Whitlock que foi sequestrado por comunistas. Com muitas homenagens e críticas a Hollywood clássica, cenas musicais, um elenco estelar e uma boa dose de loucura dos Coen esse com certeza é um filme que ficará marcado, apesar de ter sido muito subestimado.

 

 

 

15 – Vizinhos 2

Zac Effron volta a contracenar com Seth Rogen, agora ambos terão de se unir contra uma fraternidade feminista comandada por Chloe-Grace Moretz. O filme trás todo um novo acervo de piadas que satirizam os tempos atuais e seus movimentos sociais femininos, mas mostrando que boa parte da força dessa franquia está nas atuações e química de Effron com Rogen.

 

SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.