7 animações que marcaram 2019

O ano de 2019 foi recheados de grandes lançamentos nos cinemas brasileiros, mas existe um gênero onde artistas são capazes de mirar mais alto do que em qualquer outro e revelar histórias que evocam a mais sincera emoção e impactam com mensagens e muita magia os corações de todo o público, desde a criança mais sonhadora, até o idoso mais sábio.

E foi pensando nisso que nós da Cine Mundo trouxemos aqui uma lista das melhores animações de 2019:

Abominável

Com a conclusão de “Como Treinar o Seu Dragão”, a Dreamworks e Universal Pictures apostaram ema uma nova animação que pudesse agradar através de muito carisma e sensibilidade e assim nasceu “Abominável”.

Esse filme marca muito devido sua representação asiática e por entregar uma aventura emocionalmente e profunda sobre relações humanas, e também por trazer muita fantasia pensada de maneira criativa e mesmo com alguns defeitos, a produção compensa com carisma e charme próprio, além de personagens que encantam tanto adultos como as crianças.

Família Addams

A Universal Pictures e MGM resolveram trazer uma versão atual de Família Addams que busca reapresentar a icônica família da cultura pop dentro de nosso mundo moderno e tecnológico.

O final acaba por resolver conflitos de maneira muito rápida, mas devido ao seu visual que foge dos padrões e resgata traços mais clássicos dos personagens e sabendo lidar com contrastes e preconceitos entre imigrantes com americanos, a obra equilibra humor e mensagens sobre empatia que são capazes de encantar os fãs antigos e os mais novos.

Como Treinar o Seu Dragão 3

Enfim chegou o momento do público se despedir da amizade mais tocante dos cinemas, Soluço e Banguela e para isso que a Dreamworks entrega uma das obras mais completas e mágicas de 2019.

Para concluir a história temos um filme com um visual fascinante que apesar de não ter tanta ação como no anterior, temos um perfeito trabalho de cores e luzes em uma trama sobre desapego, amor e amizade que mostra que às vezes é preciso se desprender de tudo que passou para que uma amizade possa sobreviver.

Toy Story 4

“Toy Story 3” havia oferecido a conclusão perfeita para Andy e seus brinquedos, contudo somos surpreendidos com um sequência que introduz novos conceitos, subverte fórmulas da franquia e inova ao dar destaque para Z e entrega assim uma aventura divertida, emocionante e carismática que mostra que esses personagens e seu mundo são capazes de sobreviver por muitos anos.

Klaus

Filmes natalinos são tradição de Hollywood, entretanto, já fazia um bom tempo que não havia um dentro do gênero das animações que valesse a pena nosso tempo assistindo. Klaus da Netflix veio para mudar isso em 2019.

A produção nos convida a perceber a verdadeira história por trás da lenda do Papai Noel que não apenas brinca com cada característica do Natal como nos apresenta uma trama apoiada em luto, empatia e gentileza com um estilo de arte tradicional e inovador e recheado de personagens carismáticos que lhe fará rir, chorar e repensar sobre como agimos em sociedade.

Uma Aventura LEGO 2

O primeiro filme de 2014 não apenas popularizou a franquia LEGO nos cinemas, mas também foi responsável por levar ao estrelato os criativos Phil Lord e Chris Miller com um filme icônico que ajudou a moldar o cinema animado dos dias modernos. Agora com o lançamento do segundo filme, a Warner dá continuidade à jornada de Emmet.

O longa segue logo após a cena final do primeiro filme e mostra ainda mais de como as relações humanas ao redor dos brinquedos podem moldar seu mundo repleto de referências pop e levar a acontecimentos bizarros e até mesmo épicos, mas aqui tudo dá espaço para construtivas mensagens a respeito de masculinidade tóxica, amor e relacionamentos familiares.

Link Perdido

A Laika traz seu mais novo filme em 2019, “Link Perdido” é uma aventura cheia de fantasia, mas feita com muito cuidado e delicadeza com seus personagens peculiares.

A história lembra muito as aventuras de “Tintim” e “Indiana Jones”, mas traz uma clara ironia a respeito de exploradores britânicos ao mesmo tempo que desenvolve uma relação poética entre Lionel e o elo perdido chamado Susan de maneira empolgante e espirituosa. O único ponto negativo é que em meio a tantos elementos fantásticos de ação, arte e mensagens positivas, o arco dramático de Adelina é um tanto apressado, faltando mais cuidado em nos mostrar suas motivações na trama.

MENÇÃO HONROSA:

Homem-Aranha no Aranhaverso

A grande maioria dos filmes da lista tiveram estreias simultâneas ao redor do mundo em 2019, contudo “Homem-Aranha no Aranhaverso” foi lançado em 2018 e só chegou ao Brasil no início de 2019, mostrando ao público pela primeira vez nos cinemas a história de Miles Morales.

O filme se consagra como a maior animação de Hollywood desde o reinado da Disney nos anos 90, com a mistura de sarcasmo, visão cinematográfica e uma história emotiva e empolgante ao mesmo tempo, o filme é um prato cheio para os novos e antigos fãs do Homem-Aranha e merece ser visto e revisto diversas vezes.

SHARE
Otávio Renault
Nascido em São Joaquim da Barra interior de São Paulo, sou um escritor, cineasta, fotógrafo, desenhista e autor na Cine Mundo, além de um cinéfilo fã de Quentin Tarantino, J.J. Abrams, Neil Gaiman, viciado em séries e leitor de quadrinhos/mangás.